13 de junho de 2024
Agilidade

Após lançamento de serviço, 24% dos recursos de multas já são feitos on-line, diz Detran-GO

O presidente da autarquia reforça que a proposta é facilitar a vida do usuário e colocar o Detran-GO na palma da mão do cidadão
Iniciativa gera comodidade e conforto, e economia ao usuário e agilidade para o serviço público. (Foto: Secom).
Iniciativa gera comodidade e conforto, e economia ao usuário e agilidade para o serviço público. (Foto: Secom).

O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) informa que, uma semana após o lançamento do serviço, 24% dos recursos de multas já são registrados de forma 100% on-line por meio do Portal Expresso para multas emitidas para 16 autuadores. A iniciativa gera comodidade e conforto, e economia ao usuário e agilidade para o serviço público.

Segundo a autarquia, só na última terça-feira (28), foram registrados 416 recursos. Destes, 339 de forma presencial e 107 pelo Portal Expresso. “São mais de 100 pessoas que utilizaram a praticidade do serviço e tiveram economia de tempo e dinheiro ao não terem que se deslocar até um posto de atendimento”, explica o presidente do Detran-GO, Delegado Waldir.

O presidente da autarquia reforça que a proposta é facilitar a vida do usuário e colocar o Detran-GO na palma da mão do cidadão. “Com a disponibilização do recurso de multa pelo Expresso, estamos facilitando a vida da população, agilizando os processos e economizando recursos públicos”, afirmou.

Como solicitar recursos de multas

Para apresentar a defesa prévia de multas, é necessário acessar o portal (Portal Expresso), pesquisar por “recurso de multa” e seguir as orientações descritas na Carta do Serviço. O uso é intuitivo e basta seguir as orientações do sistema. O usuário que preferir pode acessar diretamente o link: (http://www.go.gov.br/servicos/servico/solicitar-recurso-de-multa-de-transito).

Ao fazer o recurso no portal, ele é direcionado automaticamente ao setor responsável pelo julgamento (Comissão de defesa prévia, Jari ou Conselho Estadual de Trânsito- Cetran). Isso dará mais celeridade ao serviço. Após a interposição do recurso, o julgamento poderá ser acompanhado pelo portal.

Os usuários devem ficar atentos aos prazos limites para a interposição de recurso. No caso de defesa prévia e Jari a data limite irá descrita na notificação. O prazo para recurso junto ao Cetran é de até 30 dias após a decisão da Jari. As prefeituras de Goiânia, Aparecida de Goiânia e Polícia Rodoviária Federal ainda não aderiram à essa funcionalidade do Expresso.


Leia mais sobre: / / Cidades / Notícias do Estado

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019