14 de junho de 2024
Vila Nova Futebol Clube

Após faixa #ForaFrontini ser retirada do OBA pela PM, Vila Nova divulga nota oficial

Frontini - Diretor de Futebol do Vila Nova (Foto - Roberto Corrêa)
Frontini - Diretor de Futebol do Vila Nova (Foto - Roberto Corrêa)

Um episódio teve grande repercussão nas redes sociais neste domingo (26), no Onesio Brasileiro Alvarenga, durante o empate entre Vila Nova x Brusque, pelo Campeonato Brasileiro. Um torcedor levou uma pequena faixa de protesto, pedindo a saída do diretor de futebol colorado: #ForaFrontini.

Porém a pedido da Polícia Militar, a faixa foi retirada. Um vídeo que circula na internet e que foi veiculado pelo programa PUC-TV, mostra o torcedor recolhendo o objetivo de protesto. Com a divulgação muitos torcedores acusaram a diretoria do clube de censura.

A insatisfação com o trabalho do dirigente por boa parte da torcida é grande e aumentou após a goleada sofrida pela equipe colorada para o Paysandu, pelo placar de 6 a 0, no primeiro jogo da decisão da Copa Verde.; Porém Frontini segue prestigiado e o posicionamento do presidente Hugo Jorge Bravo é de que ele segue no cargo.

O Vila Nova Futebol Clube divulgou uma nota oficial, se posicionando a respeito do fato. No texto o clube explica que “é obrigatório a solicitação de uso das faixas em qualquer jogo via BEPE, o Batalhão de Especializado de Policiamento em Eventos da PMGO. O pedido deve ser feito via e-mail com 48 horas de antecendência ao evento. Tal requisição é necessária para qualquer faixa, inclusive das Torcidas Organizadas, e de qualquer teor”.

Na nota o Vila Nova também se coloca contra a censura as manifestações dos colorados: compromisso com a liberdade de expressão do nosso torcedor: “Reiteramos nosso compromisso com a liberdade de expressão do nosso torcedor”.


Leia mais sobre: / / Esportes / Vila Nova Futebol Clube