19 de julho de 2024
Durante a Copa • atualizado em 29/11/2022 às 20:21

Após críticas, Eduardo Bolsonaro justifica ida ao Catar: “Pen drives”

"Será que você não consegue perceber a importância da comunicação internacional?", questionou o filho do presidente
Eduardo Bolsonaro foi flagrado no jogo da Seleção Brasileira na Copa do Mundo do Catar (Foto: Reprodução/Twitter)
Eduardo Bolsonaro foi flagrado no jogo da Seleção Brasileira na Copa do Mundo do Catar (Foto: Reprodução/Twitter)

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), que foi flagrado em um jogo da Seleção Brasileira na Copa do Mundo do Catar e recebeu críticas de apoiadores de seu pai, o presidente Jair Bolsonaro (PL), justificou sua ida ao país do Oriente Médio.

De acordo com ele, o objetivo é levar pen drives com informações, em inglês, sobre a situação no Brasil. “Nesses pen drives aqui têm vídeos, em inglês, explicando a situação do Brasil. Eu espero que você não creia que aqui no Catar só se fale em Copa do Mundo. Só para lembrar para você que a Fifa tem mais membros do que as Nações Unidas.”

“Será que você não consegue perceber a importância da comunicação internacional? Será que a gente vai ter que perder um dos pouquíssimos acessos que nós temos?”, complementou o parlamentar, em um vídeo gravado, que não foi divulgado em seus canais oficiais, mas circulou nas redes sociais.

“Pensa um pouquinho sobre isso, tá? Antes de bater palma porque eu apareci no Jornal Nacional, beleza? Um abraço a vocês, fiquem com Deus. Seguimos”, finalizou Eduardo Bolsonaro, sem entrar em detalhes sobre o conteúdo dos pen drives, para quem pretende entregá-los e por que não enviou o conteúdo por meios digitais.

Veja abaixo o vídeo:


Leia mais sobre: / / / Brasil