27 de maio de 2024
Destaque 2 • atualizado em 28/04/2024 às 12:05

Após colapso na ocupação de UTIs, Catalão restringe comércio durante à noite

Secretário Municipal de Saúde, Velomar Gonçalves Rios. Foto: (Reprodução)
Secretário Municipal de Saúde, Velomar Gonçalves Rios. Foto: (Reprodução)

O secretário de Saúde de Catalão, Velomar Rios, anunciou nesta quinta-feira (14/1) um decreto que restringe por dez dias atividades no comércio do município. De acordo com o titular da pasta, muita gente passou a procurar a secretaria e os leitos chegaram a 100% de sua ocupação.

“Infelizmente os leitos de UTI, que temos estão todos ocupados, de terça-feira (12/1) até ontem uma avalanche de pessoas procurando ao mesmo tempo, nós estávamos numa situação relativamente tranquila e toda a estrutura disponibilizada ela foi toda completa, seja de leitos públicos, ou leitos de convênio particulares e isso fez com que nós reuníssemos nosso comitê ontem e recomendamos ao prefeito Adib Elias que tomasse alguma iniciativa em relação a esse momento crítico que nós passamos de circulação do vírus. E vamos publicar o decreto já para valer a partir de hoje”, afirmou o secretário em coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira.

O secretário explicou como será o funcionamento do comércio em Catalão a partir desse decreto que entra em vigor já nesta quinta-feira.

“Todas as atividades vão funcionar das 6h às 21h, a partir de 21h apenas os serviços de saúde, postos de combustíveis e o comércio de alimentação via delivery, as demais atividades ficam suspensas por 10 dias”.

Velomar disse também que as pessoas que precisarem de atendimento em UTI será colocada na regulação do estado de Goiás até que sejam encaminhadas para algum local.

“Quem precisar de leito de TUI pelo poder público vai ser regulado pra onde tiver a vaga disponível, existe em Goiás uma rede para isso”, pontuou.

O secretário fez uma revelação informando que os hospitais particulares de Catalão não estão encontrando profissionais para trabalhar e desabafou dizendo que eles estão cansados. “Eu tenho dito em minhas entrevistas que não só o povo cansou da covid, agora nesses dias infelizmente nós estamos descobrindo que não só o povo cansou da covid, mas também os profissionais de saúde cansaram, estão exaustos”.

O prefeito da cidade, Adib Elias, também está contraiu o novo coronavírus e segue em tratamento da doença no Hospital Albert Einstein em São Paulo.


Leia mais sobre: / Catalão / Destaque 2 / Política