24 de junho de 2024
Liberou

Após bolsonaristas bloquearem estradas, rodovias em Goiás são liberadas 

Após trabalho envolvendo as forças de seguranças de Goiás, rodovias são liberadas
Rodovias estavam bloqueadas em Goiás. (Foto: Reprodução / TV Anhanguera).
Rodovias estavam bloqueadas em Goiás. (Foto: Reprodução / TV Anhanguera).

Após apoiadores que não aceitam a derrota do presidente Jair Bolsonaro (PL), nas eleições em 2022 irem às ruas e rodovias protestarem contra o resultado das urnas e gerando tumulto e desconforto, as forças de segurança em Goiás conseguiram dar fim aos atos antidemocráticos nesta terça-feira (01/11).

O plano de operação definido pelo Governo de Goiás foi acionado para desarticular ocupações e/ou interdições ao longo de rodovias estaduais e atendeu decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) encaminhada à Procuradoria Geral do Estado de Goiás (PGE-GO). Todas as desocupações se deram pacificamente.

A atuação das forças de segurança estaduais desmobilizou, nesta terça-feira (1/11), ocupação em 30 pontos diferentes de rodovias goianas que fomentavam o tumulto anti-democrático. 

A Orientação de Cumprimento de Decisão Judicial (OCD) foi emitida pela PGE-GO, em atendimento à decisão do STF, e buscou, por meio das forças de segurança do Estado, a liberação das vias para garantir a ordem e a integridade de todas as pessoas nos locais de interdição, entre motoristas, passageiros e pedestres. 

A PM goiana segue dando suporte para a Polícia Rodoviária Federal no intuito de também encerrar manifestações remanescentes nas rodovias federais que cortam o Estado.


Leia mais sobre: Política

Domingos Ketelbey

Jornalista e editor do Diário de Goiás. Escreve sobre tudo e também sobre mobilidade urbana, cultura e política. Apaixonado por jornalismo literário, cafés e conversas de botequim.