21 de maio de 2024
Pesquisa

Após 3 meses de governo, aprovação de Lula chega a 38% e reprovação é 29%, diz Datafolha

Reprovação do petista é parecida com a de Bolsonaro após os primeiros três meses de governo em 2019
Lula acaba de concluir seu terceiro mês como presidente pelo terceiro mandato, mas está longe de agradar a todos. (Foto: Ricardo Stuckert/PR)
Lula acaba de concluir seu terceiro mês como presidente pelo terceiro mandato, mas está longe de agradar a todos. (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

Uma nova pesquisa divulgada pelo Datafolha e publicada pela Folha de S.Paulo na madrugada deste sábado (1º de abril) mostrou que 38% dos entrevistados gostaram dos primeiros três meses de governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A aprovação de Lula, porém, ainda é baixa e próxima da reprovação, que é de 29%. Aliás, o resultado dos dados mostram que a desaprovação ao atual chefe do Executivo Federal é igual à de Jair Bolsonaro (PL) no mesmo momento de seu governo, em 2019.

Em 2019, porém, o ex-presidente marcava 30% de avaliação ruim/péssima e era ainda menos aprovado do que Lula. Bolsonaro tinha apenas 32% de ótimo/bom. Já sobre achar o governo regular, nos três meses de governo Bolsonaro eram 33%, para Lula são 30%.

Outra comparação feita pela Folha, é de que a aprovação de Lula era maior no início de seus outros governos, o que mostra que não está fácil governar. Após os 90 dias de 2003, ele era aprovado por 43% e apenas 10% de reprovação, já em 2007, era aprovado por 48% e reprovado por 14%.

Veja a comparação, também trazida pela Folha de S.Paulo, sobre a aprovação dos três meses de governo de outros presidentes brasileiros: Fernando Henrique Cardoso (PSDB, 39% em 1995), Fernando Collor (PRN, 36% em 1990) e Itamar Franco (PMDB, 34% em 1992) e Dilma Rousseff (PT), que teve 47% de ótimo/bom em 2011.

A pesquisa deste ano ouviu 2.028 eleitores que foram entrevistados pelo instituto de quarta (29) a quinta (30) em 126 cidades, 3%. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.


Leia mais sobre: / / Política

Carlos Nathan Sampaio

Jornalista formado pela Universidade Federal e Mato Grosso (UFMT) em 2013, especialista Estratégias de Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação e Graduação de Goiânia - IPOG, pós-graduado em Comunicação Empresarial pelo Senac e especialista em SEO.