20 de fevereiro de 2024
Evento Natalino • atualizado em 28/11/2023 às 16:47

Após 10 dias do lançamento, Natal do Bem 2023 recebeu 175 mil pessoas no Oscar Niemeyer

O Natal do Bem 2023 é o segundo maior evento natalino do país, com expectativa de receber 1 milhão de visitantes até janeiro
A estrutura do Natal do Bem conta com mais de 2 milhões de pontos de luz. Foto: Aline Cabral
A estrutura do Natal do Bem conta com mais de 2 milhões de pontos de luz. Foto: Aline Cabral

Em apenas 10 dias após inauguração, o Natal do Bem já recebeu 175 mil visitantes, em Goiânia. O evento natalino, promovido pela Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e do Goiás Social, está instalado no Centro Cultural Oscar Niemeyer, onde permanecerá aberto ao público, gratuitamente, até o dia 6 de janeiro.

A atração funciona de terça a sexta-feira, das 18 às 23 horas e aos sábados, domingos e feriados, das 16 às 23 horas. A organização espera receber um milhão de pessoas até o encerramento. O evento de Natal em Goiás é considerado o segundo maior do país.

Atrações

A estrutura do Natal do Bem conta com mais de dois milhões de pontos de luz e leva a magia e o encanto do Natal às famílias goianas sem nenhum custo. Além disso, há 7 mil vagas de estacionamento gratuitas e linhas de ônibus exclusivas para o evento, saindo dos terminais Praça da Bíblia e Isidória em direção ao Oscar Niemeyer.

De sexta a domingo, o Natal do Bem oferece diversas apresentações de teatro, música, canto, dança e corais, além da decoração com pontos de luz e uma árvore de 40 metros de altura. A cada dia de festa, o Papai Noel e os personagens natalinos percorrem todo o espaço, interagindo com as crianças e fazendo desta grande festa algo inesquecível.

Ao longo da festa, 400 apresentações serão realizadas pelos mais de 30 mil metros do complexo natalino, divididos entre as vilas do Papai Noel, de brinquedos, gelada, gastronômica, carrossel, palácio da música, coreto e esplanada. Todos os espaços e ambientes, recebem um conjunto de elementos visuais, auditivos e táteis, além de rampas de acesso para transformar as atrações em opções acessíveis a todos os públicos.


Leia mais sobre: / / Cidades

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.