19 de agosto de 2022
Aparecida de Goiânia

Aparecida de Goiânia não deve abandonar escalonamento nas próximas semanas

Comércio fechado durante escalonamento em Aparecida. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Aparecida)
Comércio fechado durante escalonamento em Aparecida. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Aparecida)

Aparecida de Goiânia mantém a tendência de baixa na ocupação de leitos de UTI para covid-19 e não visualiza crescimento no número de casos. No entanto, o escalonamento regional deve perdurar por mais tempo no município.

A cidade está há 81 dias com a medida em vigor. Atualmente, a matriz de risco está no cenário verde, de risco leve de colapso, o que faz cada uma das macrozonas fecharem apenas uma vez de segunda a sexta-feira. Segundo a prefeitura, o escalonamento tem 98% de adesão da população.

“Mantendo-se este cenário, permaneceremos no verde”, disse ao DG o secretário de Saúde do município, Alessandro Magalhães.

Continua após a publicidade

Segundo o secretário, a SMS segue avaliando dados a nível de estado e de Brasil para, eventualmente, suspender o escalonamento regional.

“Vamos olhar o cenário externo. Não tendo crescimento, discutiríamos no comitê a suspensão do escalonamento. A gente pretende manter o escalonamento por ora”, pontuou.

Magalhães reforçou, porém, que o momento é de cautela. “Neste momento, devido às nuances apontadas, a gente pretende manter a matriz no cenário verde”, disse ele citando a chegada da variante indiana da covid-19 ao Brasil e a tendência de aumento de casos em outras cidades de Goiás.

Continua após a publicidade

Flexibilizações

Uma portaria da prefeitura nesta semana autorizou o funcionamento de cinemas e teatros em Aparecida. Esse tipo de atividade econômica estava suspensa desde o dia 1º de março, quando o município adotou o isolamento social intermitente.

Para a retomada, as empresas deverão cumprir rigorosamente as medidas de prevenção no combate à Covid-19.