10 de agosto de 2022
Aparecida de Goiânia

Aparecida de Goiânia muda dias de abertura do comércio em seis macrozonas

Comércio em Aparecida de Goiânia terá rodízio. (Foto: Sincopeças-GO)
Comércio em Aparecida de Goiânia terá rodízio. (Foto: Sincopeças-GO)

A prefeitura de Aparecida de Goiânia alterou os dias de escalonamento de funcionamento do comércio em seis macrozonas. Antes previstas para fechar às sextas-feiras, as regiões Centro e Expansul não abriram as portas agora às quartas-feiras. Santa Luzia e Papillon Park, que parariam às sextas, vão fechar nas quintas-feiras. Por fim, Cidade Livre e Buriti Sereno deverão interromper o funcionamento às sextas-feiras. Antes, as duas macrozonas parariam às quartas.

O escalonamento regional entra em prática na próxima segunda-feira (8). A cada dia da semana, uma macrorregião será fechada. A intenção é evitar a circulação de pessoas nas ruas e aumentar o isolamento social.

“Nosso objetivo é ampliar o isolamento social, alcançando a meta da 50% recomendada pela OMS, evitando assim o colapso do sistema público de saúde e preservar vidas”, pontuou o prefeito Gustavo Mendanha.

Continua após a publicidade

As 10 macrorregiões são: Jardim Alto Paraíso, Vila Brasília, Buriti Sereno, Expansul, Papillon Park, Santa Luzia, Zona da Mata, Centro, Cidade Livre e Garavelo. Os fechamentos regionais acontecerão um dia por semana, em duas macrozonas diferentes. Como mostra o quadro abaixo, nas segundas-feiras serão fechados os comércios, inclusive os essenciais como farmácias, padarias, distribuidoras e supermercados, nas macrorregiões da Vila Brasília e Jardim Alto Paraíso.

Nas terças-feiras não funcionarão os estabelecimentos das macrorregiões Garavelo e Zona da Mata; nas quartas ficarão sem abrir os comércios das macrorregiões Centro e Expansul; já nas quintas-feiras não abrem Santa Luzia e Papillon Park; por fim, nas sextas-feiras ficam fechados os estabelecimentos da região Cidade Livre e Buriti Sereno. Os Sábados e domingos não entram neste primeiro cenário do escalonamento, podendo abrir normalmente, mas atentos aos moldes do alvará de liberação de funcionamento de acordo com cada CNPJ.

Mapa de nova ordem de escalonamento em Aparecida.

“A maioria dos estabelecimentos funcionam até às 13h no sábado e domingo é comumente conhecido como dia de descanso onde apenas alguns serviços abrem. Por isso pedimos que a população se programe e não saiam às ruas, indo em outras regiões, nos dias de fechamento daqueles estabelecimentos dos bairros em que moram”, destacou o secretário de Saúde e coordenador do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus, Alessandro Magalhães.

Continua após a publicidade

Fiscalização

Para garantir o cumprimento das normas de segurança contra o contágio do novo coronavírus no comércio e garantir que os estabelecimentos das macrorregiões fiquem sem funcionar nos dias estipulados a cada uma, a Prefeitura de Aparecida aumentou de 500 para 800 o número de servidores que atuam na fiscalização orientativa e ostensiva do município. Os 300 novos profissionais designados para essa atividade começarão a trabalhar nesta segunda-feira, 08, em conjunto com as equipes que já atuam nas fiscalizações desde o dia 28 de abril, data em que foi flexibilizado o funcionamento de 82% das atividades comerciais de Aparecida.

De acordo com o secretário da Fazenda de Aparecida, André Luis Rosa, todos os estabelecimentos precisam atender as regras e não abrir nos dias estipulados para a macrorregião em que está inserido. “Até mesmo os supermercados, mercearias, distribuidoras e farmácias não poderão funcionar nesses dias. A exceção é apenas para hospitais; órgãos públicos e concessionários de serviços públicos; segurança pública e privada; atividades religiosas, que já cumprem rodízio; funerárias; indústrias dos Pólos Industriais com mais de 15 trabalhadores que fornecerem transporte coletivo; e as feiras que terão regras próprias com rodízio”, pontuou o secretário.

Continua não proibido o funcionamento de academias, arenas esportivas e galerias. Bares e restaurantes, podem funcionar por delivery. Eventos também continuam suspensos.