27 de junho de 2022
Cidades

Aos 81 anos, morre Jávier Godinho em Goiânia

Jávier Godinho morreu aos 81 anos. (Foto: Arquivo Pessoal)
Jávier Godinho morreu aos 81 anos. (Foto: Arquivo Pessoal)

O jornalista Jávier Godinho morreu na madrugada desta quinta-feira (13), às 4h da manhã. A informação foi confirmada pelo filho de Jávier, Iuri Godinho. 

Continua após a publicidade

O velório será realizado a partir das 11h, no Cemitério Jardim das Palmeiras, na sala 7. O sepultamento está marcado para às 16h.

O jornalista deixa a esposa Stella Rincon Godinho e os filhos, Iúri Godinho, Áulus Rincon – ambos jornalistas – Bertrand e Ivana. 

“Todos tivemos tempo de nos despedirmos dele. Estamos bem, felizes, em paz e agradecidos pelos momentos que passamos juntos”, escreveu o filho no Facebook.

Continua após a publicidade

Jávier fundou e foi o primeiro titular da cadeira 10 da Academia Goianiense de Letras. 

Notas de pesar 

A Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) divulgou nota de pesar e lamentou a morte do ex-colaborar do Sistema Fieg.

OAB-GO

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) lamenta profundamente a morte do advogado e jornalista Jávier Godinho, na madrugada desta quinta-feira (13 de setembro), em Goiânia.

Intelectual de expressão e notoriedade em todo Estado e articulista afiado, Jávier foi fundador da Academia Goianiense de Letras, chefiou os principais jornais do Estado e era um dos conferencistas espíritas de maior destaque da região.

Em mais de meio século de atuação profissional, prestou grande contribuição para a sociedade goiana. Salientamos que sua atuação sempre pautada na ética e no comprometimento com a verdade servirão como exemplo eterno.

Em nome de toda a advocacia, nos solidarizamos com familiares, amigos e colegas enlutados, em especial com sua esposa, Stella Rincon, e os cinco filhos: Iuri Rincon Godinho, Bertrand Rincon Godinho, Ivana Rincon Godinho, Aulus Rincon Godinho e Amanda Rincon Godinho.