16 de julho de 2024
Educação • atualizado em 21/06/2024 às 08:19

Alunos de escola em Aparecida são premiados em concurso de redação

Concurso do Projeto Escrevendo o Futuro premiou os dez primeiros colocados, entre 600 participantes
Foto: Jhonney Macena
Foto: Jhonney Macena

Estudantes da Escola Municipal Sebastiana Lourenço Camilo, situada no Setor Village Garavelo, em Aparecida de Goiânia, receberam, nesta quinta-feira (20), a premiação do concurso de redação do Projeto Escrevendo o Futuro.

A ação é fruto de uma parceria realizada entre a unidade educacional e a Guarda Civil Municipal e envolveu os estudantes do Ensino Fundamental, das turmas de 5º ao 9º ano. Com participação de cerca de 600 alunos, o concurso foi realizado na unidade escolar como um projeto piloto, podendo ser estendido, nas próximas edições, para as demais escolas da Rede Municipal de Educação.

O tema desta primeira edição foi “O papel das Guardas Municipais no Brasil”. O objetivo é estreitar as relações entre a Guarda e a Educação, sobretudo por meio do Comando da Patrulha Escolar, estimulando a cultura da paz e o respeito ao próximo.

“Quando as crianças têm consciência da função social da GCM, elas multiplicam essas informações com os familiares e amigos e isso faz com que toda a comunidade conheça nosso trabalho e com isso ampliamos nosso campo de ação”, sublinhou o secretário de segurança pública, Comandante Marreiros.

Diretor da unidade, Marcos Acácio reforçou que o trabalho conjunto entre os professores e os guardas municipais foi essencial para o sucesso da iniciativa. “Nossos alunos se dedicaram muito para que esse projeto alcançasse a excelência que foi. Hoje estão munidos de informações para defender e explicar sobre a Guarda Municipal, seu papel social e histórico e principalmente falar da segurança pública em Aparecida com familiares e amigos”, frisou.

Durante a premiação das dez primeiras produções, os estudantes participaram de palestras e rodas de conversa. “Os GCMs estão presentes em todas nossas escolas, seja monitorando as imagens a distância pelas câmeras, seja nas rondas ostensivas e também presencialmente. Esse projeto só veio para fortalecer esse vínculo e também ressaltar a importância deles para a segurança de nossas crianças”, comentou a secretária de educação, professora Idelma Oliveira.


Leia mais sobre: / Aparecida de Goiânia / Cidades