09 de agosto de 2022
Benefício

Aluguel Social é ampliado para mais cinco cidades

Agora já são 40 municípios contemplados com o programa, que pode atender até 30 mil goianos, segundo o governo estadual
Famílias podem ser beneficiadas com pagamento do aluguel. (Foto: Octacilio Queiroz)
Famílias podem ser beneficiadas com pagamento do aluguel. (Foto: Octacilio Queiroz)

As cidades de Rio Verde, Jataí, Itaberaí, Inhumas e Jaraguá também vão receber o programa Aluguel Social. A ampliação do benefício para os cinco municípios foi confirmada pela Agência Goiana de Habitação (Agehab), que agora atende 40 cidades com o benefício.

As inscrições para moradores desses municípios já estão abertas. Os interessados precisam verificar o edital e avaliar se cumprem os requisitos para receber o benefício.

Segundo a Agehab, o Aluguel Social pode contemplar 30 mil goianos. O programa é voltado para famílias em situação de superendividamento e que ainda não têm moradia própria. Os recursos são provenientes do Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege), coordenado pelo Gabinete de Políticas Sociais (GPS), dentro do programa Goiás Social.

Continua após a publicidade

O auxílio do Aluguel Social é concedido no valor de R$ 350 pelo prazo de 18 meses, com acompanhamento social, estímulo ao autossustento e à recolocação no mercado de trabalho. Também são aplicadas outras ações de políticas sociais para qualificação profissional, empreendedorismo, geração de renda, planejamento e educação financeira.

Mais cidades

A Agehab já convocou para entrega de cartões do Aluguel Social cerca de 6 mil famílias em cinco municípios: Goiânia, Aparecida de Goiânia, Trindade, Formosa e Águas Lindas. Além dessas cidades, já estão em atendimento também Anápolis, Senador Canedo, Valparaíso, Novo Gama e Luziânia. Em todas elas as inscrições seguem abertas ou em fase de entrega de documentação dos aprovados convocados.

Outras 15 cidades do Norte e Nordeste do Estado, atingidas pelas fortes chuvas do início do ano e incluídas no decreto estadual de emergência, estão entre as cidades atendidas. Nesses municípios, famílias que tiveram moradias com laudo de restrição da Defesa Civil podem se candidatar. Já na Região do Vale do Rio São Patrício, Ceres e Rialma completam o grupo de municípios contemplados até o momento.

Continua após a publicidade