27 de fevereiro de 2024
Duodécimo • atualizado em 24/11/2023 às 12:58

Alego irá investir R$ 10 mi para duplicação da GO-462, entre Goiânia e Santo Antônio de Goiás

Os 10 km da primeira etapa contemplam os bairros Shangrilá, Orlando de Moraes, Chácara Califórnia e Alice Barbosa.
Durante assinatura foi destacada a importância da obra para a segurança e maior fluidez do trânsito. (Foto: Marcos Souza).
Durante assinatura foi destacada a importância da obra para a segurança e maior fluidez do trânsito. (Foto: Marcos Souza).

O termo de cooperação assinado na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) garante verba de 10 milhões para a duplicação da GO 462 entre Goiânia e Santo Antônio. O termo foi assinado pelo presidente da Alego, Bruno Peixoto (UB), junto ao presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), Lucas Vissoto.

Os 10 km da primeira etapa contemplam os bairros Shangrilá, Orlando de Moraes, Chácara Califórnia e Alice Barbosa. As obras serão custeadas com recursos provenientes das economias do duodécimo do Poder Legislativo. O projeto é uma parceria público-privada entre a prefeitura de Santo Antônio de Goiás, Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Goiânia (Codese) e o Governo de Goiás.

Parceria

Durante a assinatura, o presidente da Alego agradeceu ao presidente Lucas Vissoto, ao governador Ronaldo Caiado e aos deputados e deputadas, que segundo ele permitiram essa devolução. E ao destacar a importância da duplicação, sobretudo, para a maior fluidez do trânsito e para a segurança dos motoristas, Bruno ressaltou que a realização da obra é resultado das ações de economicidade do Parlamento goiano.

“As medidas de economia que estamos executando na Assembleia têm se transformado em benefícios para a nossa população. Essa obra é, sem dúvidas, um sonho antigo de toda a comunidade. Por isso, queremos agradecer muito ao presidente Lucas Vissoto, ao governador Ronaldo Caiado e aos nossos deputados e deputadas que permitiram essa devolução”, disse Peixoto.

Por sua vez, o presidente da Goinfra, Lucas Vissoto, salientou que a parceria estabelecida entre o Executivo e Legislativo e as ações empreendidas no âmbito do Parlamento goiano têm “gerado frutos” para o estado. “A união de esforços entre o governador Ronaldo Caiado e a Dona Gracinha tem gerados bons frutos para o Estado de Goiás. Com certeza, sem essa união entre o Executivo e o Legislativo não seria possível viabilizar obras tão importantes e essa, em especial, é mais um fruto das economias da Alego”, acrescentou.

Vale lembrar que a intenção do poder público de duplicar a GO-462 é antiga, e já existia um projeto elaborado em 2017. Mas, como não foi executado e houve mudanças na legislação, surgiu a necessidade de atualizá-lo.


Leia mais sobre: / / / / / Cidades / Notícias do Estado

Elysia Cardoso

Jornalista formada pela Uni Araguaia em 2019