25 de junho de 2022
Despedidas • atualizado em 10/03/2022 às 20:35

Alego aprova e Humberto Aidar deixa cargo para assumir cadeira no TCM 

Aidar irá assumir a vaga resultante da aposentadoria do ex-conselheiro Nilo Resende. A matéria agora será encaminhada ao governador para ser sancionada.
Aidar estava em mandato desde 2010. (Crédito: Denise Xavier)
Aidar estava em mandato desde 2010. (Crédito: Denise Xavier)

A sessão desta quinta-feira (10/03) na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás foi marcada por emoção e despedida. É que o nome do deputado Humberto Aidar, do MDB, foi aprovado por unanimidade pelos pares e agora irá ocupar a vaga de conselheiro no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Aplaudido de pé, Aidar recebeu o voto de 40 parlamentares.

Emocionado, Humberto usou a tribuna para agradecer os companheiros de mandato. “Gratidão aos meus colaboradores e aos servidores desta Casa”. Com o sentimento de gratidão, diz: “Vou honrar aquele Tribunal de Contas como procurei fazer em todos os anos dedicados a essa Casa de Leis”.

Ele confessou que jamais esperava uma indicação como essa, haja vista sua origem humilde. “Para mim ser indicado hoje ao TCM é algo que guardarei para o resto da minha vida”.

Continua após a publicidade

A votação oficializa o desligamento do parlamentar da Alego para ida ao TCM. Com isso, quem vai ocupar o cargo é o atual secretário de Desenvolvimento Urbano de Aparecida, Max Menezes (MDB).

No TCM, Aidar irá assumir a vaga resultante da aposentadoria do ex-conselheiro Nilo Resende. A matéria agora será encaminhada ao governador para ser sancionada.