27 de maio de 2024
Destaque 2

Alan Mineiro cospe na bandeira do Goiás, durante clássico, mas pede desculpas ao fim da partida

Foto: Reprodução/Tv Anhanguera
Foto: Reprodução/Tv Anhanguera

O meia-atacante do Vila Nova Futebol Clube, Alan Mineiro, cuspiu na bandeira do Goiás Esporte Clube, durante os acréscimos do segundo tempo do clássico pela terceira rodada do Campeonato Goiano. No entanto, logo após o apito final, o jogador se pronunciou com um pedido de desculpas.

Antes de cobrar um escanteio, em uma partida quente, no Estádio da Serrinha, Alan Mineiro segurou a bandeira do Goiás e cuspiu em sua direção. A atitude repercutiu de forma negativa nas redes sociais e, pouco depois, o jogador se mostrou arrependido e surpreendeu o público com um pedido de desculpas ao time adversário.

“Tô aqui pessoalmente, pedindo desculpas para a instituição do Goiás. Fiz uma coisa que eu não me orgulho de ter feito. Não foi exemplo para o meu filho que tá dentro de casa, pra minha família, eu acho que foi muito feio da minha parte. Mas eu sou homem de vir aqui, pedir desculpa para o Goiás. Publicamente, peço desculpa pelo meu ato. Eu acho que, como falei, isso não é exemplo para ninguém”, disse.

O meia do Vila Nova afirmou, também, durante entrevista, que os erros de arbitragem influenciaram a equipe colorada, psicologicamente. “A gente foi falar com ele (árbitro), ali, e ele falou: ‘pô, cê tá jogando no Vila, cê quer falar o quê?’, desmerecendo nosso clube, cara. Isso aí é inadmissível. Um árbitro falar uma coisa dessas. Isso não pode acontecer, jamais, da parte do arbitro. Ainda mais ele, como autoridade. A gente às vezes cobra dele ali, mas ele tem que saber controlar o jogo e não desmerecer uma equipe”, lamentou.

O Goiás venceu o jogo por 1 a 0, com gol de Miguel Figueira, aos 18 minutos do segundo tempo. Apesar da derrota, o jogador do Vila Nova demonstrou positividade com relação à atuação da equipe, no decorrer do campeonato. “Infelizmente a gente acabou sendo derrotado, mas cabeça erguida aí, que o nosso grupo mostrou que a gente pode muito mais nessa competição”, afirmou Alan Mineiro.


Leia mais sobre: / / / / Destaque 2 / Esportes / Vila Nova Futebol Clube