28 de maio de 2024
Política

Aécio diz que não teme julgamento do mensalão mineiro

 

O presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, indica que as discussões sobre a economia brasileira e a sobre um novo Pacto Federativo devem dominar o encontro da sigla em Goiânia, programado para esta sexta-feira (22). Em entrevista ao Papo Político, da CBN Goiânia, o tucano definiu as visitas que tem feito aos Estados para a elaboração das diretrizes que o partido vai apresentar no ano que vem.

“Nossa responsabilidade é de apresentar uma proposta alternativa, seja na economia ou no relacionamento com Estados e municípios. Eu pretendo, como presidente do partido, apresentar ainda na primeira quinzena de dezembro as linhas gerais do que o PSDB considera fundamental para o Brasil”, adiantou.

Aécio afirmou que a revisão do Pacto Federativo deve ser um dos compromissos do PSDB nesse plano. “Eu governei Minas Gerais por oito anos e Minas tem o maior número de municípios no Brasil. Eu tenho dito que a principal transformação que precisa ocorrer no Brasil hoje é a Refundação da Federação”, defendeu.

Mensalão

Ao comentar a prisão de parte dos condenados no processo do mensalão, Aécio disse não temer que o julgamento do chamado “mensalão mineiro”, protagonizado por tucanos, fique para o ano que vem, em pleno período eleitoral. “Essa questão tem que ser julgada e deveria ter sido há mais tempo. Quanto mais rápido isso acontecer, melhor para a população perceber que as coisas são diferentes”, disse.

“Nós não temos que temer nada e o PSDB é um partido que tem uma história fundamental na construção do Brasil moderno”, complementou.

 


Leia mais sobre: / / Política