22 de fevereiro de 2024
Atlético Goianiense • atualizado em 15/12/2023 às 19:24

Adson Batista critica Ronaldo Caiado por apoio apenas ao Vila Nova e diz que Atlético também tem torcida

Adson Batista em entrevista à Rádio Bandeirantes
Adson Batista em entrevista à Rádio Bandeirantes

No final de novembro o Governador de Goiás, Ronaldo Caiado, recebeu a diretoria do Vila Nova Futebol Clube e os proprietários do Grupo José Alves, para assinatura de contrato de patrocínio da empresa com a agremiação colorada. O acordo foi bastante celebrado e tem como objetivo inicial ajudar o time feminino do Tigrão e o projeto de esportes olímpicos.

O fato ganhou repercussão positiva entre os vilanovenses, porém não foi bem interpretado no Atlético Clube Goianiense, que considera necessário o mesmo tratamento ao Dragão, dispensado por Ronaldo Caiado. O governador ajudou na concretização da parceira que vai ajudar o Vila Nova.

O presidente do Atlético-GO, Adson Batista, em entrevista ao Podcast Sem Retranca – Rádio Bandeirantes – afirmou que o governador precisa estar ao lado de todos os clubes e não apenas de um. “Entendo que ele teve uma postura que parece que o Atlético é de outro estado. Nós votamos também. Também temos torcida. Acho que foi desrespeitoso com o próprio Goiás. Está dizendo que vai arrumar patrocínio. Tem que arrumar para os três. Para o Goiás, Vila Nova e Atlético. Ele tem capacidade para isso. Ele nunca foi do futebol, mas agora vestiu a camisa do Vila Nova.

O dirigente rubro-negro disse que a observação feita durante a entrevista é uma alerta para Caiado: “Fica aqui minha crítica construtiva. Acho que ele é mal assessorado. Respeito ele, considero que ele é um homem honrado e tem condições de coisas maiores dentro do nosso país. Mas acho que ele tem que entender que nós votamos e também somos goianos. O Atlético representa muito bem esse estado”, finalizou Adson Batista.


Leia mais sobre: / / Atlético Goianiense / Esportes