18 de abril de 2024
Iniciativa • atualizado em 13/04/2023 às 18:01

Acordo entre a Prefeitura de Goiânia e Equatorial Energia promete melhorias na distribuição de energia em feiras livres

Os próprios feirantes e moradores denunciam prática de gatos de energia, que colocam a população em risco. Acordo promete trazer melhorias e regulamentar ações
A reunião com representantes dos dois lados buscou definições na atualização do estudo técnico realizado no ano passado, para diagnosticar os problemas. Foto: Sedec
A reunião com representantes dos dois lados buscou definições na atualização do estudo técnico realizado no ano passado, para diagnosticar os problemas. Foto: Sedec

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Economia Criativa (Sedec), busca acordo com a Equatorial Energia para melhorias na distribuição de energia nas 134 feiras, dentre livres e especiais, regularizadas na capital. A reunião com representantes dos dois lados, nesta quinta-feira (13), buscou definições na atualização do estudo técnico realizado no ano passado, para diagnosticar os problemas.

A Sedec recebeu, recentemente, denúncias de ligações clandestinas de energia feitas pelos feirantes. A prática coloca em risco a segurança dos trabalhadores e consumidores, além de causar transtornos aos moradores das redondezas.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento e Economia Criativa, Silvio Sousa, a prática causa preocupações. “Os feirantes que trabalham de forma correta estão preocupados com essa situação. Eles reclamam que as gambiarras são feitas pelos próprios colegas. A Sedec já realiza um trabalho de orientação em todas as feiras da capital e vai tomar medidas mais duras para evitar essas irregularidades”, pontuou.

A oferta de eletricidade é essencial para iluminar o ambiente, carregar máquinas de cartão de crédito, manter freezers e estufas em temperatura correta e permitir funcionamento de equipamentos eletrônicos. A parceria com a Equatorial Energia vai realizar o acompanhamento constante dos pontos de comércio intermitente na tentativa de evitar qualquer irregularidade.

Por determinação do prefeito Rogério Cruz (Republicanos), a Sedec iniciou, há quase um ano, o levantamento permanente para garantir a distribuição de energia de forma democrática em todas as feiras livres e especiais da cidade. O trabalho realizado pela Gerência de Estudos, Pesquisa e Orientação voltada ao Desenvolvimento, que é subordinada à Sedec, vem desenvolvendo estratégias para garantir que a energia elétrica nas feiras seja usada de maneira correta.


Leia mais sobre: / / Cidades / Goiânia

Luana Cardoso

Luana

Estagiária de Jornalismo do convênio entre a UFG e o Diário de Goiás.