18 de abril de 2024
EPIDEMIA

Ações do Dia D de Combate à Dengue são realizadas nos municípios goianos

Objetivo do Dia D seria engajar os goianos para vencer a luta contra o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue
De acordo com Vencio, a conscientização da população e a vacinação contra a dengue são fundamentais. (Foto: Marco Monteiro)
De acordo com Vencio, a conscientização da população e a vacinação contra a dengue são fundamentais. (Foto: Marco Monteiro)

Para combater o mosquito Aedes Aegypti, houve o lançamento do Dia D de Combate à Dengue. O objetivo, segundo o secretário de Estado da Saúde (SES-GO), Rasível Santos, seria engajar os goianos, tanto de serviço público, iniciativa privada, entidades civis e a população, para vencer a luta contra o mosquito.

“É inadmissível que haja tantos casos de dengue e que as pessoas morram em função dessa doença prevenível. As pessoas devem reservar 10 minutos por semana para fazer uma vistoria minuciosa em suas residências e eliminar todo e qualquer objeto que acumula água, por menor que ele seja”, afirma.

A ação do Dia D lançada em Aparecida de Goiânia, com presença do secretário-adjunto da SES, Sérgio Vencio, e do secretário municipal de Saúde, Alessandro Magalhães, reunindo cerca de 200 pessoas. De acordo com Vencio, a conscientização da população e a vacinação contra a dengue são fundamentais.

“As pessoas que tiverem condições, tomem a vacina na iniciativa privada. As que têm filhos de 10 a 11 anos, os levem para vacinar na rede pública”, orientou.

Uruaçu e Jataí

A ação do Dia D também aconteceu em Uruaçu, em que foram notificados 1.092 casos de dengue e 3 mortes foram confirmadas. A força-tarefa também contou com a participação de 200 pessoas e toda a ação foi desenvolvida com apoio de 13 veículos de diferentes órgãos.

Mais de 2,7 mil imóveis em Uruaçu são vistoriados e componentes da Defesa Civil do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás também atuaram na ação com uso de drones para identificar focos em locais de difícil acesso.

Já em Jataí, os comerciantes tomaram a iniciativa de liberar os funcionários mais cedo para limpeza nas residências para o Dia D. Flúvia Amorim, superintendente de Vigilância em Saúde da SES, Jataí está vivendo uma situação delicada de duas epidemias.

“Além dos casos de dengue, predominantes em todo o estado, em Jataí há uma elevação das notificações de chikungunya devido à proximidade do município com o estado de Mato Grosso do Sul”, afirmou.

Houve ações também em Iporá, Perolândia, Sanclerlândia e Aurilândia.


Leia mais sobre: / / / / / / / Cidades

Maria Paula

Jornalista formada pela PUC-GO em 2022 e MBA em Marketing pela USP.