01 de dezembro de 2023
Leandro Mazzini • atualizado em 02/08/2013 às 05:47

A verdade dos mortos-vivos

 

Uma bomba pode explodir na Comissão Nacional da Verdade (CNV) e o caso vir à tona. A representação no Brasil do Centro pela Justiça e o Direito Internacional (Cejil), ligada à OEA, prepara documento a ser entregue à CNV, no qual pede que cessem os trabalhos de cinco pesquisadores à procura de sobreviventes da Guerrilha do Araguaia. Eles têm notícias de pelo menos dois que mudaram de nome, porque colaboraram com os militares, e estão sob proteção. A CNV informou que ainda não recebeu a carta.

Leia Também


 

Esconderijo

Anos atrás, o ministro Jarbas Passarinho revelou que Luiz Renê, do PCdoB, foi abrigado no MEC, após dado como‘morto’. Foi pedido do Gal. Antonio Bandeira. 

Mistério

A Cejil faz o lobby a pedido da irmã de Renê, Elizabeth Silveira. Há suspeita de que ele vive no MT. A família não tem notícias, Elizabeth não pode falar com a coluna ontem.

Os 20

Seriam 20 os ‘mortos-vivos’ da época. A Cejil representa famílias dos desaparecidos do Araguaia no regime militar. Procurada, a ONG não se manifestou por ora.

Contra-ataque eleitoral

As bancadas católica e evangélica do Congresso, e a Associação Provida, que fizeram lobby contra, prometam retaliação à presidente Dilma na campanha do ano que vem. Ela sancionou ontem, sem vetos, o PCL 3/2013 que determina a médicos a ‘profilaxia da gravidez’ para vítimas de estupro. A turma vai fazer panfletagem nas ruas em 2014.

Operação abafa

Foi a ProVida que em 2010 fez campanha nacional contra Dilma quando ela se enrolou na questão de ser contra ou a favor do aborto. Distribuiu milhões de folhetos país afora, e obrigou o comitê petista a realizar operação abafa junto aos cristãos.

Cadê?

O deputado Osmar Terra (PMDB-RS) solicitou ao ministro da Justiça, José Cardozo, o resultado do estudo sobre consumo de crack e outras drogas, previsto desde 2011. O levantamento foi encomendado pela Secretaria Nacional Antidrogas à Fiocruz.

E nós no Mínimo..

O Banco Safra divulgou ontem que lucrou R$ 598 milhões no Semestre. O Bradesco já anunciara seus R$ 5 bi, e o Itaú/Unibanco, líder com R$ 7 bi. Tudo lucro líquido!

Digital emperrada

O TRE de Brasília sofre com o sistema de cadastramento biométrico dos eleitores do DF. O software vive empacado. Inclusive no posto mais movimentado, o da Rodoviária

Terra dos mortos

Calmaria na Síria porque a imprensa a esqueceu. O tiro continua solto. A ONG Médicos Sem Fronteira mantém seis hospitais que recebem dezenas de mortos diariamente, e reclama do poder limitado de atendimento. Até uma granja virou hospital.

Horror

Começou na Quarta, 31, o julgamento dos três médicos envolvidos em um esquema de tráfico de órgãos em Poços de Caldas (MG). Eles teriam removido o intestino, rins e córneas de um menino de 10 anos ainda vivo, que depois apareceu morto.

Fogo na pista

Tragédias se sucedem nas rodovias perto de Leopoldina (MG). Na Segunda, uma carreta de transporte de gasolina tombou com 15 mil litros , explodiu, atingiu cinco carros e matou 10. Ontem, outra carreta de combustível pegou fogo no mesmo trecho.

Céu aberto

Secretários de turismo de 14 estados reunidos em Salvador em pé de guerra com as aéreas. Vão soltar carta na qual exigem punição às companhias que cancelarem voos sem justificativa, e querem concorrência estrangeira em voos nacionais. Pra ontem!

Quem sofre

Para o secretário de turismo da Bahia, Domingos Leonelli, ‘a concorrência é a grande aliada do turismo’. O Nordeste, foco do turismo nacional, é o mais prejudicado.

País do Circo

O deputado humorista Tiririca (PR-SP) apresentou projeto 4939/13 que determina a inclusão de atividades circenses na aula de educação física do ensino público

Ponto Final

Para um Congresso que já é um circo, a proposta de Tiririca não é má ideia.
_________________________________________
Com Maurício Nogueira, Equipe DF e SP

 


Leia mais sobre: Leandro Mazzini

Altair Tavares

Editor e administrador do Diário de Goiás. Repórter e comentarista de política e vários outros assuntos. Pós-graduado em Administração Estratégica de Marketing e em Cinema. Professor da área de comunicação. Para contato: [email protected] .

Recomendado Para Você

Leandro Mazzini

Pizzolato na Papuda

Leandro Mazzini

A blindagem do juiz Sérgio Moro