14 de junho de 2024
Leandro Mazzini

A reforma na gaveta

A minirreforma eleitoral prometida por Renan Calheiros (PMDB-AL) para baratear custos de campanha, como revelou a coluna Sábado, não virá com novo projeto. Ela está engavetada na CCJ do Senado desde Dezembro. Foi apresentada pelo aliado Romero Jucá (PMDB-RR), mas a base sentou em cima: Não houve emendas nem escolha de relator. Agora, sai com a cobrança das ruas. Entre outros pontos, o PL propõe redução do tempo de campanha na TV para 30 dias e restrição de material. 



Celeridade
Todas as propostas de Renan estão inclusas no projeto de Jucá. Eles vão se reunir esta semana para desengavetar o PL, que é terminativo (não vai a plenário).

Calendário
O projeto altera artigos da lei eleitoral 9.504/97, como prorrogar o calendário para escolhas de candidatos, mas veicular campanha TV e rádio só 30 dias antes do pleito.

Lá e cá
O PLS prevê permissão de propaganda eleitoral na internet como hoje: em blogs e sites de candidatos e partidos. Já a proposta que tramita na Câmara libera em toda a rede.

A VIVO..
Presidente da Comissão de Integração, que também debate os serviços das telefônicas, o deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) passou um aperto ontem, mas o mico ficou para a TIM. Ele visitava o centro de gerenciamento da operadora em São Paulo quando a ligação caiu durante uma entrevista ao celular para rádio de Porto Alegre.

..morreu na TIM
O constrangimento foi geral. Para diretores da operadora, Goergen avisou que será inevitável incluir no marco civil das telecomunicações, em debate, o compartilhamento de sinal das operadoras nas torres. Seu celular era Vivo, o sinal interno, só da TIM.

No cantinho
Servidores da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) reconheceram ontem, na prova do concurso em Brasília, um ex-poderoso diretor com caneta e identidade nas mãos, na tentativa de se efetivar na agência em vaga de especialista.

Antiaborto
Começou uma campanha religiosa dentro da Alesp para tornar São Paulo o primeiro estado pro-vida. Querem assegurar em lei a defesa da concepção ‘até seu fim natural’.

Poeira e chão
Inconformado, o deputado Júlio César (PSD-PI) lembra que a Transnordestina,
que corta o Piauí, está 100% parada. ‘Uma obra de mais de R$ 5 bilhões’.

Legado de Francisco
Para congressistas, o Papa Francisco não salvou o Brasil, mas sua passagem deixou exemplos: um grupo de senadores quer audiência pública com a CNBB para debater ‘o legado de Francisco para a América Latina’ e as relações do governo com o Vaticano.

Audiência da batina
Os senadores querem convidar para audiência conjunta das comissões de Direitos Humanos e Relações Exteriores os cardeais Raymundo Damasceno (CNBB) e Dom Odilo (SP), o arcebispo do Rio, dom Orani, e o teólogo Leonardo Boff. Eles topam.

Nordeste

O vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Carlos Prado, lamentando sobre o Nordeste. ‘A região há mais de 70 anos mantém um PIB per capita menor que 50% da média do per capita nacional’. Mas houve melhoras, muitas. 

No alambrado
A FIFA anda preocupada com Cuiabá. O Tribunal de Contas do Estado constatou no último levantamento que, de 29 obras fiscalizadas, apenas seis foram concluídas. O trânsito está um caos sem precedentes na capital.

Locomotiva
Longe de santa nesta história, a alemã Siemens pode lucrar algo grande com a delação premiada no caso dos trens: imunidade para concorrer ao projeto do trem-bala.

Sem blablá
Especialista no combate, o deputado Carimbão (PSB-AL) foi taxativo para colegas que bancam turnês: ‘Prevenção de drogas não é feita com palestras. É com formação’.

Ponto Final
O maior legado de Francisco no Brasil foi o tapa de luva nos poderosos: sua simplicidade.
_________________________________________
Com Equipe DF e SP


Leia mais sobre: Leandro Mazzini

Altair Tavares

Editor e administrador do Diário de Goiás. Repórter e comentarista de política e vários outros assuntos. Pós-graduado em Administração Estratégica de Marketing e em Cinema. Professor da área de comunicação. Para contato: [email protected] .

Recomendado Para Você

Leandro Mazzini

Pizzolato na Papuda

Leandro Mazzini

A blindagem do juiz Sérgio Moro