12 de junho de 2024
Política

9 vereadores darão explicações à Comissão de Ética da Camara por citação no caso Cachoeira

A comissão de ética da Camara Municipal de Goiânia decidiu abrir um prazo de 7 dias para que 9 vereadores apresentem suas justificativas por citações feitas na Operação Monte Carlo. O procedimento, explicou o presidente da comissão, vereador Anselmo Pereira, não é uma investigação, uma oportunidade para que eles expliquem as citações.

A lista dos 9 vereadores que serão citados oficialmente nesta quinta-feira: Deivisson Costa; Juarez Lopes; Elias Vaz; Virmondes Cruvinel; Santana Gomes; Giovani Antônio; Maurício Beraldo; Clécio Alves; Luciano Pedroso.

Os vereadores Giovani Antônio, Elias Vaz e Rusemberg Barbosa fizeram pedido de licença da comissão de ética durante esta averiguação.

O presidente Anselmo Pereira informou que um vereador será escolhido para relatar as justificativas que serão apresentadas pelos vereadores que serão citados. Só depois desta averiguação é que, possivelmente, será aberto processo contra aquele ou aqueles vereadores que não apresentarem uma explicação diante das citações nas escutas telefônicas da Operação Monte Carlo.


Leia mais sobre: Política

Altair Tavares

Editor e administrador do Diário de Goiás. Repórter e comentarista de política e vários outros assuntos. Pós-graduado em Administração Estratégica de Marketing e em Cinema. Professor da área de comunicação. Para contato: [email protected] .