28 de maio de 2022
Tradição • atualizado em 13/05/2022 às 13:09

204 anos de história e tradição: Pirenópolis se prepara para o retorno da Festa do Divino e Cavalhadas

Reconhecida pelo IPHAN, em abril de 2010, como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil
A festa celebra 204 anos de história e tradição. (Foto: Divulgação)
A festa celebra 204 anos de história e tradição. (Foto: Divulgação)

Após dois anos suspensas por conta da pandemia da Covid-19, a cidade Pirenópolis se prepara para sua festa mais tradicional. Neste ano, a Festa do Divino e as Cavalhadas de Pirenópolis voltam a ser realizadas a partir do dia 25 de maio. Reconhecida pelo IPHAN, em abril de 2010, como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil, a festa celebra 204 anos de história e tradição.

“É uma imensa alegria o retorno dessa celebração histórica e tão importante para nós, pirenopolinos. A Festa do Divino Espírito Santo é uma manifestação genuinamente popular, que traduz o espírito festivo e alegre do nosso povo”, afirma o prefeito de Pirenópolis, Nivaldo Melo.

A festa tem o seu ápice no Domingo do Divino, 50 dias após a Ressurreição de Cristo, no Domingo de Páscoa, segundo o calendário da igreja católica. Oriunda dos Açores, região de Portugal, onde é conhecida como as Cavalhadas de São Pedro, a festa mescla festejos religiosos e profanos e reúne uma série de manifestações, tais como novena, folias, procissão, missa, reinados, roqueira, mascarados, cavalhadas, pastorinhas, congadas, catira e outras manifestações folclóricas.

Continua após a publicidade

A festa tem o seu ápice no Domingo do Divino, 50 dias após a Ressurreição de Cristo, no Domingo de Páscoa, segundo o calendário da igreja católica. Oriunda dos Açores, região de Portugal, onde é conhecida como as Cavalhadas de São Pedro, a festa mescla festejos religiosos e profanos e reúne uma série de manifestações, tais como novena, folias, procissão, missa, reinados, roqueira, mascarados, cavalhadas, pastorinhas, congadas, catira e outras manifestações folclóricas.

Apesar dos festejos oficiais começarem somente no dia 25 de maio, em 2022, a festa que é toda preparada pela comunidade pirenopolina e seus grupos culturais/ religiosos, começa bem antes, um dia após o Domingo de Páscoa com os preparativos de tudo que envolve os eventos da festa: Armaduras, bordados, produção de máscaras e flores que as enfeitam, mastro, roupas de mascarados, bandeiras do Divino, verônicas e muito mais.

O tradicional doce feito de açúcar moldado em forma de emblema com a figura do Divino, conhecido como Verônica, já foi produzido. Seu preparo, que é todo artesanal, foi realizado por meio de mutirão na casa do Imperador da Festa, durou duas semanas e resultou em cerca de 15 mil unidades.

Continua após a publicidade

A Prefeitura de Pirenópolis é apoiadora do evento, responsável pela organização do campo que este ano será no Módulo Esportivo, uma vez que o tradicional Cavalhódromo, sob responsabilidade do Governo do Estado de Goiás, não obteve autorização do Corpo de Bombeiros para receber o evento.

Programação completa

A Festa do Divino Espírito Santo 2022 tem início oficial no próximo dia 25 de maio. Confira a programação:
25/05 (Quarta-feira)
Saída da Folia do Divino (Zona Rural)
27/05 (Sexta-feira)
04:00 – Alvorada com a Banda de Couro.
05:00 – Alvorada com a Banda de Música Phoenix.
12:00 – Repique de Sinos e descarga de roqueiras, tocata da Banda de Música Phoenix, ao lado da Igreja Matriz e saída dos mascarados pelas ruas da cidade.
15:00 – Chegada da Folia do Divino Espírito Santo (Renovação Cristã)
18:00 – Missa e início da novena em louvor ao Divino Espírito Santo, seguida da benção do Santíssimo Sacramento com a participação da Orquestra e Coral Nossa Senhora do Rosário. Após a Novena, tocata com a Banda de Curo próximo à Igreja Matriz e principais ruas da cidade.
28/05 (Sábado)
4:00 – Alvorada com a Banda de Couro, descarga de roqueiras.
12:00 – Repique de Sinos e descarga de roqueiras.
19:00 – Missa e 2° dia de Novena em louvor ao Divino Espírito Santo, tocata com a Banda de Couro ao lado da Igreja Matriz
29/05 (Domingo)
4:00 – Alvorada com a Banda de Couro, descarga de roqueiras.
12:00 – Repique de Sinos e descarga de roqueiras.
17:00 – Chegada da Folia do Divino Espírito Santo (Zona Rural), pelas ruas da cidade e casa do Imperador.
19:00 – Missa e 3° dia de Novena em louvor ao Divino Espírito Santo na Igreja Matriz, tocata com a Banda de Couro ao lado da Igreja Matriz, seguida de procissão até a Igreja do Bonfim, levando as bandeiras de queima de fogos e fogueiras, acompanhada pela Banda de Couro. São Benedito e de Nossa Senhora do Rosário, para levantamento de Mastro e queima de fogos e fogueiras, acompanhada pela Banda de Couro.
30/05 (Segunda-feira)
04:00 – Alvorada com a Banda de Couro
12:00 – Repique de Sinos e descarga de roqueiras.
18:30 – Missa e 4° dia de Novena em louvor ao Divino Espírito Santo, seguida da Benção do Santíssimo Sacramento, tocata com a Banda de Couro ao lado da Igreja Matriz.
31/05 (Terça-feira)
04:00 – Alvorada com a Banda de Couro
12:00 – Repique de Sinos e descarga de roqueiras
19:00 – Missa e 5° dia de Novena em louvor ao Divino Espírito Santo, seguida da Benção do Santíssimo Sacramento, tocata com a Banda de Couro ao lado da Igreja Matriz.
1º/06 (Quarta-feira)
04:00 – Alvorada com a Banda de Couro.
12:00 – Repique de Sinos e descarga de roqueiras.
17:00 – Entrega de lanças pelos Cavaleiros das Cavalhadas ao Imperador do Divino Espírito Santo, em sua casa.
19:00 – Missa e 6° dia de Novena em louvor ao Divino Espírito Santo, seguida da Benção do Santíssimo. Sacramento, tocata com a Banda de Couro ao lado da Igreja Matriz.
02/06 (Quinta-feira)
04:00 – Alvorada com a Banda de Couro.
12:00 – Repique de Sinos e descarga de roqueiras
19:00 – Missa e 7° dia de Novena em louvor ao Divino Espírito Santo, seguida da Benção do Santíssimo Sacramento, tocata com a Banda de Couro ao lado da Igreja Matriz.
03/06 (Sexta-feira)
04:00 – Alvorada com a Banda de Couro.
18:00 – Missa e 8° dia de Novena em louvor ao Divino Espírito Santo, seguida da Benção do Santíssimo Sacramento, tocata com a Banda de Couro ao lado da Igreja Matriz.
21:00 – As Pastorinhas, Cine Pireneus
04/06 (Sábado)
04:00 – Alvorada com a Banda de Couro.
05:00 – Alvorada com a Banda de Música Phoenix.
12:00 – Repique de Sinos e descarga de roqueiras, tocata da Banda de Música Phoenix, ao lado da Igreja Matriz e saída dos mascarados pelas ruas da cidade.
18:00 – Último dia de novena com Missa, Igreja Matriz.
18:30 – Procissão da Bandeira, saindo da residência do Mordomo da mesma até a Igreja Matriz.
21:00 – Levantamento do Mastro, queima da fogueira e queima de fogos.
22:00 – As Pastorinhas, Cine Pireneus
05/06 (Domingo do Divino)
04:00 – Alvorada com a Banda de Couro.
05:00 – Alvorada com a Banda de Música Phoenix.
08:00 – Cortejo Imperial.
09:00 – Missa solene na Igreja Matriz Cortejo até a casa do imperador com distribuição de verônicas.
10:30 – Sorteio do novo Imperador no consistório da igreja Matriz.
11:00 – Cortejo levando o Imperador até sua residência onde serão distribuídos Verônicas e Pãezinhos do Divino
13:00 – Abertura das tradicionais CAVALHADAS, 1° dia de Cavalhadas
18:00 – Cortejo conduzindo o Imperador de sua residência até a Igreja Matriz, acompanhado pela Banda de Música
Phoenix.
06/06 (Segunda-feira)
08:00 – Reinado de Nossa Senhora do Rosário – Cortejo conduzindo o Rei e Rainha de suas residências até a Igreja do Bonfim, acompanhados pela Banda de Couro e Grupo de Congo.
09:00 – Missa na Igreja Matriz
10:00 – Cortejo conduzindo os reis de volta às suas residências.
13:00 – 2° dia de CAVALHADAS (batismo dos Mouros).
07/06 (Terça-feira)
08:00 – Juizado de São Benedito – Cortejo conduzindo os juízes de são Benedito até a Igreja do Bonfim, acompanhados pela Banda de Couro e o Grupo de Congo.
09:00 – Missa cantada com a participação da Orquestra e Coral Nossa Senhora do Rosário.
10:00 – Cortejo conduzindo os juízes de São Benedito até as suas residências.
13:00 – 3° e último dia de CAVALHADAS (confraternização entre Mouros e Cristãos). Após o espetáculo os Cavaleiros sequem até a porta da Igreja Matriz para a oração final de agradecimento e a última salva de tiros.
16/06 (Corpus Christi)
Entrega da Coroa e posse do Novo Imperador na Igreja

Leia também: