20 de maio de 2024
BENEFÍCIO

13º do INSS: Governo Federal divulga antecipação do pagamento do abono

Pagamento será feito em duas parcelas, em abril e maio
Benefício é pago anualmente pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), mas geralmente no segundo semestre. (Foto: Reprodução)
Benefício é pago anualmente pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), mas geralmente no segundo semestre. (Foto: Reprodução)

O pagamento do abono anual aos beneficiários da Previdência Social, o “13º do INSS” foi antecipado. A medida foi publicada nesta quarta-feira (13) no Diário Oficial da União (DOU), em decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

São beneficiados segurados e dependentes que tenham recebido o auxílio por incapacidade temporária, auxílio-acidente, aposentadoria, pensão por morte ou auxílio-reclusão.

O pagamento acontece em duas parcelas, sendo a primeira de 50% do benefício devido no mês de abril, que será pago juntamente com os benefícios dessa competência, ou seja, depositados entre os cinco últimos dias úteis de abril e cinco primeiro de maio. Já a segunda parcela do 13º do INSS será paga a diferença entre o valor total do abono anual e o valor da parcela antecipada, junto com os benefícios do mês de maio, ou seja, depositados entre os cinco últimos dias do mês e cinco primeiros de junho.

O 13º do INSS geralmente é depositado no segundo semestre de cada ano, mas o governo tem antecipado o pagamento objetivando estimular a economia. A antecipação aconteceu, por exemplo, em 2022 e 2023, em que o abono foi pago em maio e junho.

Vale ressaltar que aposentados e deficientes de baixa renda que recebem benefício assistencial, como por exemplo do Benefício de Prestação Continuada (BPC) não recebem o 13º do INSS. O benefício é pago anualmente pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), visando fornecer uma renda extra para os assegurados.

Confira tabelas com datas

Datas para quem recebe até um salário mínimo. (Créditos: Maria Paula/DG com informações do INSS)
Datas para quem recebe mais de um salário mínimo. (Créditos: Maria Paula/DG com informações do INSS)

Leia mais sobre: / / / / / Brasil

Maria Paula

Jornalista formada pela PUC-GO em 2022 e MBA em Marketing pela USP.