23 de junho de 2024
Cidades

1% da população de Goiânia já pode ter contraído coronavírus

Dados do inquérito sorológico foram apresentados nesta quinta-feira (4). Foto: Prefeitura de Goiânia.
Dados do inquérito sorológico foram apresentados nesta quinta-feira (4). Foto: Prefeitura de Goiânia.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG) e a Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), fizeram um inquérito sorológico que indica que em Goiânia, 10.855 pessoas já podem ter sido infectadas pelo novo coranavírus.

O dado foi apresentado durante uma live nesta quinta-feira (4), e faz parte de uma coletagem para testes rápidos que ocorreu no dia 30 de maio em 2,4 mil domicílios da cidade, sendo que 18 casos testaram positivo, com uma prevalência da infecção de 0,75%.

Os dados do inquérito apresentados pelo médico epidemiologista da UFG, João Bosco Siqueira Júnior mostram que 1 em cada 100 pessoas de Goiânia já se infectou com o coronavírus.

 “Por isso, e levando em consideração as informações da primeira etapa, a quantidade pode chegar a 10.855 infectados”, ressaltou o médico da UFG, frisando que os 18 casos positivos apresentaram anticorpos para vírus e não apresentaram os sintomas.

O superintendente de Vigilância em Saúde da SMS, Yves Mauro Ternes, destacou que os dados apresentados não fazem parte do informe epidemiológico Covid-19, divulgado diariamente pela SMS e que a prevalência de 0,75% representa o cenário de pelo menos 10 dias antes da realização do inquérito.

 “Até aquele momento, o comportamento das pessoas estava sendo efetivo no controle da circulação do novo coronavírus, porém, o que temos observado nos últimos dias é um aumento da circulação das pessoas e este fato pode se refletir daqui a 10 ou 15 dias.

Goiânia tem até o momento 2.410 casos confirmados e 75 óbitos por coronavírus.


Leia mais sobre: / / / Cidades / Goiânia