azambuja marconi

O governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, declarou nesta segunda-feira, 6, em entrevista ao jornal Valor Econômico, o apoio ao colega Marconi Perillo (PSDB) na sucessão para o Diretório Nacional do PSDB. Além de parlamentares e outros integrantes da executiva da legenda, Marconi já recebeu apoio do também governador Pedro Taques (MT) e do prefeito de São Paulo, João Doria, para comandar a legenda. A convenção está marcada para 9 de dezembro.

Azambuja destaca o perfil conciliador de Marconi e o esforço que o goiano desempenha pela unidade da legenda. "Sou entusiasta da candidatura do Marconi Perillo. Ele é conciliador, busca a unidade interna, e não a divisão", disse Azambuja ao jornal Valor. Sobre Tasso Jereissati, Azambuja considera “um excelente companheiro”, mas entende que o PSDB deve ter um presidente conciliador, que converse com todos os lados que estão se digladiando.

O governador do Mato Grosso do Sul disse que vê em Marconi "o melhor nome para pacificar o partido" a partir de dezembro, quando a nova Executiva deve ser eleita. Marconi e o senador Tasso Jeirassati (CE), que avalia apresentar seu nome à sucessão, se reúnem novamente nesta terça-feira para falar do processo de escolha do próximo presidente nacional do partido.

Taques defendeu Marconi para a presidência do diretório nacional tucano durante o último encontro de governadores do Consórcio Brasil Central, em Cuiabá, no início de outubro. "Reconheço que o governador Marconi Perillo tem experiência para liderar. Ele é novo, mas já tem quatro mandatos e ninguém chega ao quarto mandato pelo mesmo Estado sem ter essa liderança nacional. Perillo é capacitado para isso”, assinalou o governador de Mato Grosso, anfitrião do encontro.

Em recente visita a Goiás, na qual recebeu título de Cidadão Goiano na Assembleia Legislativa, o prefeito de São Paulo, João Doria, reafirmou que que apoia o nome do governador Marconi Perillo para a presidência nacional do PSDB. “Tem o meu apoio total. Eu já manifestei isso em São Paulo, e volto a reafirmar aqui. Eu tenho lado, e o meu lado chama-se Marconi Perillo”, declarou. As eleições para a Executiva Nacional do PSDB estão previstas para acontecer em dezembro. Marconi já comunicou oficialmente aos líderes partidários a decisão de postular a presidência nacional da legenda.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA