lula e bolsonaro

Uma pesquisa divulgada pelo Ibope nesta segunda (30) indica que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) estariam no segundo turno das eleições presidenciais de 2018.

O petista aparece com 35% das intenções de voto, e o deputado, com 13%. Na sequência, Marina Silva (Rede) tem 8%.

O Ibope incluiu entre as opções apresentadas ao eleitor o apresentador da TV Globo Luciano Huck, que tem sido cortejado por partidos de centro-direita para entrar na disputa.

Ele foi citado por 5% dos entrevistados, mesmo percentual do governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB).

O prefeito de São Paulo João Doria, que protagoniza disputa interna entre os tucanos pela candidatura presidencial, registra 4%. Ciro Gomes (PDT) tem 3%.

Declararam voto branco ou nulo 18% dos pesquisados e 5% não responderam ou disseram não saber quem escolheriam.

Esses dados valem para um cenário estimulado, quando o entrevistador aponta os nomes que o pesquisado deve escolher. O instituto de pesquisa ouviu 2.002 pessoas em 143 cidades do país, de 16 a 22 de outubro, e a margem de erro é de dois pontos percentuais.

O cenário apontado pelo Ibope é semelhante ao retratado pela última pesquisa Datafolha, divulgada em 1º de outubro -a diferença é que o instituto de pesquisa ligado à Folha de S.Paulo não incluiu Huck em suas sondagens.

CENÁRIOS

Caso Lula fique de fora da disputa e a vaga petista seja ocupada por Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo, Marina e Bolsonaro empatam.

Tanto a ex-senadora e ex-ministra como o deputado registram 15% das intenções de voto. Huck aparece com 8%. Alckmin e Ciro também empatam, ambos com 7%. Doria registra 5%, e Haddad, 1%.

As demais combinações com Lula no páreo (sem Doria e sem Huck, sem Alckmin e sem Huck) praticamente não mudam a preferência do eleitor.

O ex-presidente continua líder isolado, oscilando entre 35% e 36%. Bolsonaro fica com 15%, e Marina, 11%.

Leia mais sobre:

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA