marconi perillo missao comercial a espanha reuniao embaixada do brasil 02Embaixador do Brasil na Espanha, Antônio José Ferreira Simões concedeu entrevista ao jornal A Redação na qual avaliou a missão comercial comandada pelo governador Marconi Perillo naquele país, entre os dias 21 e 24 deste mês. O embaixador disse que Marconi, com seu dinamismo, conseguiu apresentar propostas claras que chamaram a atenção das autoridades e empresários espanhóis, em particular a licitação para a concessão do trecho da Ferrovia Norte-Sul entre Porto Nacional (TO) e Estrela D'Oeste (SP), e o projeto para a construção do trecho ferroviário entre Goiânia e Brasília.

“Em todos os encontros houve grande interesse na mensagem que Marconi trazia. Na minha gestão já é a segunda vez que ele vem aqui. E sempre o que se vê é a demonstração de um político com uma proposta clara para apresentar, com projetos que possam ser apoiados. A Espanha já está muito presente no Brasil, mas a perspectiva com esses dois projetos é que a Espanha passe a estar ainda mais presente no Brasil”, disse Simões, acrescentando acreditar que o presidente do Banco Santander vai ajudar nos projetos das ferrovias Norte-Sul e Goiânia-Brasília.

O embaixador avaliou que a missão foi um sucesso. “Marconi é jovem, com ideias e propostas, e com espírito de organização muito grande. Vê-se que ele tem sempre em mente melhorar a vida da população de Goiás. E, sobretudo, trazer projetos que sejam capazes de gerar riqueza e bem-estar social”, observou.

Simões e o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos, acompanharam Marconi em todas as agendas da missão. Jorge Bastos apresentou os detalhes técnicos dos projetos. Marconi apresentou os projetos em seis reuniões: na Câmara de Organizações Empresariais da Espanha, no Ministério do Fomento e Desenvolvimento Industrial, na Rede Nacional de Estradas de Ferro, no Congresso dos Deputados da Espanha, na Casa do Brasil e na sede do Banco Santander, onde foi recebido pelo presidente mundial da instituição.

Durante a missão, Jorge Bastos também avaliou que o encontro com os investidores espanhóis deixou claro o interesse do país europeu pelo projeto do trem de passageiros, entre Goiânia e Brasília. "As nossas expectativas são as melhores possíveis. O governo espanhol, na Europa, foi o último a investir muito na tecnologia de alta velocidade e eles têm uma expertise muito grande no setor", disse. "Os investimentos aqui na Espanha já se reduziram, eles já fizeram a maior parte desses investimentos, então o momento é muito propício para a apresentação do projeto brasileiro", completou.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA