marconi perillo aniversario 290 anos Nas comemorações do aniversário de 290 anos de Pirenópolis, o prefeito caiadista João do Léo (DEM), voltou a elogiar o governador Marconi Perillo, e afirmou que o Governo de Goiás mantém as mãos estendidas, em parceria com o município. Em discurso, João do Léo afirmou que a cidade é grata ao governador por todas as obras e programas que colocaram Pirenópolis no patamar turístico e cultural que se encontra atualmente.

João do Léo agradeceu a presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), primeira-dama Valéria Perillo, e Marconi por terem escolhido Pirenópolis para implantar a terceira unidade em Goiás do Projeto Meninas de Luz. “Obrigado Valéria Perillo. O projeto traz luz aos nossos olhos, traz apoio para quem mais precisa deste apoio, que são as adolescentes de Pirenópolis. É uma mão estendida para nossa cidade”, destacou.

Pirenópolis comemorou 290 anos neste sábado (7/10) e o governador Marconi Perillo assinou convênio de R$ 5 milhões, em recursos do Programa Goiás na Frente, para que a prefeitura realize obras de pavimentação na cidade. Marconi e a presidente da honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), primeira-dama Valéria Perillo, foram homenageados com placas de agradecimento pelo prefeito João Batista Cabral (DEM), o João do Léo.

Durante a solenidade, realizada em um espaço montado ao lado da Igreja Matriz de Pirenópolis, Marconi assinou ordem de serviço para implantação do Projeto Meninas de Luz, da OVG, que promove auxílio a adolescentes em situação de risco grávidas, com idade entre 12 e 21 anos, com atendimento social e de saúde, além de orientações sobre cuidados com o bebê.

Marconi e Valéria aplaudiram, de pé, a execução do Hino de Pirenópolis, entoado pelos membros da Associação Pirenópolis Ontem Hoje e Amanhã. “Pirenópolis, toda cheia de primores. Nossa terra, nosso berço adorado, Do grande Comendador Joaquim Alves. Do general Xavier Curado. És da arte e da Imprensa Goiana. Oh ! Cidade de nossos amores, Garimpeiros aqui descobriram ouro e pedra de grandes valores”, cantaram. Também se emocionaram com a execução do Hino Nacional Brasileiro executado pela tradicional Banda Phoenix.

“Trabalhamos para estruturar Pirenópolis para receber pessoas que amam e valorizam a cultura e o turismo”, afirmou Marconi. Após ouvir do locutor oficial do evento afirmar que existiam “duas” Pirenópolis – “Uma antes e outra depois de Marconi Perillo” -, o governador afirmou ter priorizado em seus quatro mandatos a preservação da cultura goiana, sobretudo em cidades históricas.

“Durante o tempo em que governei Goiás, procurei valorizar o patrimônio material e imaterial, principalmente em Pirenópolis. Além da restauração da Igreja de N. Sra do Rosário, ajudamos a preservar muitos outros monumentos, trocamos a fiação aérea pela subterrânea, construímos várias estradas de acesso a Pirenópolis, construímos asfaltos nos bairros, uma série de melhorias de maneira geral. Restauramos igrejas, teatros, cinemas, as rodovias que dão acesso à cidade, a melhoria urbana, saúde e todas as outras áreas”, enumerou.

Marconi afirmou ter trabalhado para estruturar Pirenópolis “para receber pessoas que amam e valorizam a cultura e o turismo. A cidade está bem estruturada para acolher turistas, para receber as pessoas que amam e que valorizam a cultura e o turismo. Soubemos preservar esta joia do Brasil e do mundo, que é Pirenópolis”, sublinhou Marconi.

O governador citou o folclore da cidade, a Festa do Divino, as Cavalhadas, as Pastorinhas, a Banda de Couro, a Banda Phonenix – “verdadeiros patrimônios da nossa cidade” e disse trabalhar para manter intactos os casarinhos, os casarões, as pedras, “tudo o que temos de mais belo aqui”, afirmou. “Nossos antepassados conseguiram fugir à sanha da destruição. Muitas são as cidades em que não temos mais o patrimônio histórico, porque é muito fácil destruir uma casa velha”, afirmou ao dizer que Pirenópolis é mais citada que Goiânia no exterior, fato que é confirmado quando participa de encontros com estrangeiros.

Valéria Perillo lembrou da ocasião em que visitou a embaixada do Brasil em Tóquio, no Japão, onde foi apresentado a ela um quadro do artista plástico pirenopolino, Persio Forzani. Ela disse ter ficado muito honrada com a homenagem recebida pelo prefeito. “Essa homenagem é um estímulo para que continuemos a trabalhar por Pirenópolis e pelo Estado. Simplesmente fazendo o bem a todos, levando progresso ao nosso Estado”, afirmou Valéria Perillo, ao lado de outro homenageado, o senhor Zezinho, outro filho ilustre da cidade, que tem 112 anos de idade.

Entre os homenageados estava o presidente do Grupo Executivo de Comunicação, Luiz José Siqueira, que é natura de Pirenópolis. Também participaram das festividades o presidente da Agehab, Luiz Stival; o deputado federal, Fábio Sousa; o superintendente Executivo da Segov, Coronel Adailton Florentino (representando o secretário Tayrone Di Martino), e também prefeitos de cidades vizinhas, entre outras autoridades.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA