ze eliton rio verdeAo participar de assinatura de convênio do Goiás na Frente em Rio Verde, na manhã desta segunda-feira (04/09), o vice-governador José Eliton voltou a afirmar que Goiás e Brasil precisam “virar a página da política da espora e da chibata, do ódio e do rancor”. Ao lado do governador Marconi Perillo, ele assinou convênio com o prefeito Paulo do Vale (PMDB). A parceria possibilitará o repasse direto ao município de recursos da ordem de R$ 6 milhões a serem investidos em obras de infraestrutura.

 

Durante a cerimônia, na Associação Atlética Banco do Brasil, o governo entregou, ainda, cheque no valor de R$ 500 mil para financiamentos a pequenos empreendedores por meio do Banco do Povo, entre outros benefícios.

"Estamos em Rio Verde fazendo uma política moderna, nova, de respeito às pessoas", afirma o vice-governador e coordenador do Goiás na Frente. "Eu quero fazer política que agrega, que respeita quem pensa diferente", disse.

José Eliton destacou que o Goiás na Frente é resultado de um “grande esforço do governo que, lá atrás, reduziu secretarias e mitigou investimentos para que o estado não se transformasse no que os outros estão vivendo".

Em seu discurso, o vice-governador falou dos avanços que vêm sendo feitos em todos os setores, em especial na segurança pública, área que comandou durante todo o ano de 2016.  Ele lembrou que desde o primeiro mandato, o governador Marconi Perillo vem investindo nas forças policiais, em salários, modernização e em inteligência, o que resulta em queda nos índices de criminalidade. 

“Mais 2.500 homens da Polícia Militar vão se apresentar amanhã, e parte deles virá para Rio Verde”, disse. “O governo faz a sua parte, mas não há evolução em segurança pública sem alteração da legislação”, reforça José Eliton.

O prefeito Paulo do Vale (PMDB) afirma que utilizará os recursos do Goiás na Frente para pavimentar a via de acesso ao novo complexo industrial que está sendo estruturado ao lado do complexo prisional. “Tudo o que for bom para Rio Verde será bem-vindo”, disse ele ao governador Marconi Perillo. “Quero o senhor toda semana aqui em Rio Verde trazendo benefícios para a nossa cidade”.

Da solenidade, na Associação Atlética Banco do Brasil, participaram os deputados Heuler Cruvinel (federal), Lissauer Vieira e Carlos Cabral (estaduais), os secretários Ricardo Balestreri (Segurança Pública e Administração Penitenciária), Tayrone di Martino (Governo), João Gomes (Habitação), e o ex-prefeito Juraci Martins.

Desenvolvimento regional

Em toda a região, o governo investirá R$ 311 milhões do programa Goiás na Frente. Só em repasse aos municípios para obras prioritárias serão R$ 45 milhões. 

Para obras rodoviárias, o governo do estado destinará R$ 100 milhões, o que inclui pavimentação de novos trechos, reconstrução e manutenção.  

A região terá, ainda, R$ 101 milhões para habitação, R$ 4,5 milhões (construção do IML de Rio Verde), R$ 3 milhões (construção do Itego em Mineiros) e R$ 9,8 milhões (ampliação e melhoria dos sistemas de abastecimento de água e sistema de esgotos em várias localidades).

Para construção e reforma de escolas e construção de quadras e coberturas, o Governo de Goiás destinou R$ 28 milhões para a região.  Já a saúde terá um total de R$ 20 milhões em investimentos. Entre as obras para este setor estão o Credeq e o Ambulatório Médico de Especialidades, de Quirinópolis.

Governo tem encontro com entidades 

da sociedade civil organizada

Reunidos na sede da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Rio Verde (Acirv), representantes do Conselho de Desenvolvimento local (Coderv) e de outras 30 entidades apresentaram agenda de prioridades, entre elas obras rodoviárias e de Segurança Pública, visando consolidar o processo de desenvolvimento da cidade

Após a assinatura de convênio com a prefeitura de Rio Verde, o vice-governador participou, na sede da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Rio Verde (Acirv) de uma audiência pública, em que o Conselho de Desenvolvimento Econômico de Rio Verde (Coderv) apresentou prioridades para que o município possa chegar a 2030 sendo “a melhor cidade para se viver no estado”. Segundo José Eliton, “esta foi uma importante iniciativa em que o papel dessas instituições ganha relevo muito maior, ao formular uma agenda pública propositiva, com intervenções que poderão culminar em melhoria de vida para a população de Rio Verde".

O presidente da Coderv, Luciano Paganini, destacou que o conselho busca ser um elo entre o poder público, a iniciativa privada e a sociedade civil organizada, para uma convivência mais harmônica". 

Ele enumerou, entre outros projetos que necessitam de apoio do governo do estado para se concretizarem, a obra do Centro de Atendimento Sócioeducativo (Case);  a construção do Centro de Prisão Provisoria (CPP) para transferência o mais rápido possível para longe do centro da cidade; trechos rodoviários nas saídas norte e sul da cidade; e parte do anel viário.

Segundo destacou, há, ainda, como importante demanda da população, a transformação de uma escola estadual em colégio militar; e, também, a inclusão de Rio Verde nas missões internacionais para prospecção de negócios e investimentos na cidade. 

A toda as demandas, o governador respondeu encaminhando os assuntos para os respectivos órgãos do estado. “Temos o compromisso de dar continuidade a essa agenda do governo”, afirmou José Eliton. Em relação à obra da CPP, ele lembrou das audiências públicas de que participou na Câmara Municipal e com o Ministério Público em que se definiu a parceria do MP para a transferência de cerca de R$ 4 milhões de multa para contribuir com esta solução. “A área atual também seria usada para aporte de recursos e depois o município e estado finalizariam”, ressaltou.

José Eliton ressaltou, ainda, que as questões de segurança devem ser discutidas “com mais racionalidade e menos emoção”. Segundo lembrou, “essa é uma agenda de vai ao encontro do cidadão”. O vice-governador lembrou que nessa semana o governo do estado estará chamando 2.500 policiais e que parte desse contingente estará em Rio Verde. “Esse é um concurso regionalizado, em que o policial já será preparado na região onde irá trabalhar, agregando atividades em serviço, o que dá um ganho de qualidade muito grande”, disse.

“Temos muitos desafios, mas o Goiás na Frente inclui ações estruturantes, como as obras rodoviárias que darão suporte à produção, consolidando importantes processos de desenvolvimento local e regional”, disse o vice-governador.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA