Prefeito e primeira dama ao lado de deputados federais e estaduais (Foto: Jackson Rodrigues)
iris e deputados foto jackson rodrigues

Deputados federais e estaduais do PMDB estiveram reunidos nesta segunda-feira (20), com o prefeito de Goiânia, Iris Rezende Machado. O encontro foi no gabinete do chefe do Executivo, no Paço Municipal. Os principais assuntos tratados foram: contrapartidas da prefeitura em obras federais, busca por mais recursos da União, projetos que impactam a capital que estão na Assembleia Legislativa e o compromisso de fazer uma defesa política e técnica da gestão do prefeito Iris.

Defesa

Em relação a defesa da gestão de Iris Rezende, o presidente do diretório estadual do PMDB, Daniel Vilela, informou que os deputados têm obrigação de fazer a defesa política do prefeito. “O PMDB é o partido do prefeito e tem a obrigação de defendê-lo, de mostrar aí a situação da prefeitura e mostrar o que está sendo feito pelo prefeito no sentido de dar soluções aos problemas. Nós também estamos à disposição para colaborar e fazer a defesa política da gestão dele”, declarou.

Já o líder da bancada do PMDB na Assembleia Legislativa, José Nelto declarou que os deputados estaduais e federais apoiam o que está sendo feito pela atual administração municipal. “O mais importante é que a bancada federal e estadual apoia integralmente as ações do prefeito Iris Rezende Machado e temos a certeza que ele está no caminho correto. Fará a melhor administração de sua história na vida pública”, afirmou.

Daniel Vilela também disse que durante o encontro o prefeito expôs alguns problemas vividos por ele na administração. Os deputados fizeram sugestões e se comprometeram a buscar soluções.

Um caso citado pelo presidente do PMDB é em relação a modernização da gestão. Daniel Vilela informou que intermediou para que técnicos do Ministério do Planejamento viessem a Goiânia para auxiliar o Município a ter mais eficiência, com mais tecnologia.

“Tratamos bastante sobre algumas situações que ele colocou, problemas que está vivendo na prefeitura, todos os deputados já tiveram de alguma forma alguma experiência e trocaram ideias com o prefeito no sentido de encontrar alternativas para os problemas. Estive aqui na semana, estarei aqui novamente no final da semana com equipe do Ministério do Planejamento para trazer algumas soluções tecnológicas na área do transporte utilizado pelo servidor público, na área de digitalização de processos na prefeitura, estamos tentando colaborar para que ele tenha sucesso na gestão”, explicou.

Contrapartidas e busca por recursos

O deputado estadual José Nelto afirmou que durante a reunião foram tratados projetos que a prefeitura tem para buscar recursos do governo federal. A ideia é obter mais verba da União para a realização de obras.

O presidente do PMDB estadual, Daniel Vilela, declarou que o prefeito de Goiânia tem canal direto com o presidente da República, Michel Temer, mas que primeiro Iris quer obter todas as informações da real situação da prefeitura para começar a pleitear recursos e ações na capital.

Quanto a contrapartidas que o Município não colocou em obras federais, por exemplo, o trecho sul da Marginal Botafogo, foi feito sim um pedido para que os órgão da União tenham um pouco mais de tolerância, até que a Prefeitura “organizar melhor” as finanças e desta forma tenha condições de honrar com as contrapartidas.

“Claro é preciso entender a particularidade do momento, do início da gestão. O prefeito ainda não foi ao presidente Michel Temer porque ainda está tomando pé da situação. No momento certo em que ele tiver já em mãos as necessidades macro da cidade que é necessária a colaboração do governo federal, ele estará presente. Temos trabalhado neste sentido”, afirmou Daniel Vilela.

Projetos

O deputado José Nelto informou que foram ainda discutidos dois projetos de autoria do governo estadual, mas que podem ter impacto diretamente em Goiânia. O primeiro é o Plano Diretor da Região Metropolitana e o segundo do ICMS Educacional.

Para José Nelto, os dois projetos poderão trazer prejuízos para Goiânia e por isso é importante uma intervenção de Iris na discussão dos temas.

“Discutimos dois projetos importantes que o governo mandou para a Assembleia. O primeiro é que tira realmente direitos dos prefeitos e das câmaras de vereadores e o projeto do ICMS Educacional, que tira dinheiro das grandes cidades”, declarou.

Vale ressaltar que a bancada da oposição tem obstruído na Assembleia a tramitação do projeto do governo que cria o ICMS Educacional. Os deputados temem que Goiânia, Aparecida e Anápolis percam receitas. Quanto ao Plano Diretor da Região Metropolitana, há reclamações que Executivo e Legislativo Municipal sejam prejudicados, pois temas que hoje são de competência da Prefeitura de Goiânia e Câmara de Vereadores poderiam ficar a cargo do Governo Estadual e da Assembleia Legislativa, por exemplo, a questão de uso do solo.

Ausência

 A ausência na reunião foi do deputado federal Pedro Chaves. Todos os demais deputados estauais e federais do PMDB goiano participaram do encontro com Iris Rezende.

Leia mais

Presidente da Comurg planeja redução de quinquênio para diminuir supersalários

Iris afirma que corta despesas, mas prestigia Educação e Saúde

Iris afirma que início de administração contraria interesses

BUSCA