logomarcadiariodegoias2017

Cármen Lúcia (ao centro) reunida com Perillo e a cúpula da segurança e do Judiciário (Foto Divulgação)
reuniao carmem lucia goias marconi ze eliton foto divulgacao

"Estamos trabalhando para garantir que o Estado ofereça, cada vez mais, as condições necessárias para ressocializar os detentos", afirmou o vice-governador Zé Eliton nesta sexta-feira (09/02), ao participar de audiência com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Conselho Nacional de Justiça, ministra Cármen Lúcia, o governador Marconi Perillo e o presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, desembargador Gilberto Marques Filho.

Mais cedo, Zé Eliton participou de evento de destruição de armas apreendidas em Goiás. A solenidade foi realizada na Brigada de Operações Especiais, em Goiânia. Foi a maior entrega de arsenal já registrada no Brasil para o Exército. Ao todo, foram enviados 25.039 armamentos para destruição

Na reunião com a ministra, foram apresentas as ações em execução pelo Governo de Goiás para melhorar a estrutura do sistema carcerário. "Tomamos diversas decisões importantes para garantir as melhorias", explicou o governador Marconi Perillo, ao anunciar concurso para mil novos agentes penitenciários, bem como a regionalização das unidades prisionais.

A ministra Cármen Lúcia elogiou as medidas adotadas pelo sistema penitenciário do Estado. "Goiás cumpriu exemplarmente o seu dever de casa", reconheceu.

A audiência é fruto da primeira visita da ministra logo após as rebeliões no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. Na época, ficou acertado que seria criada uma força-tarefa entre Governo de Goiás, Tribunal de Justiça e Ministério Público.

A Defensoria Pública, a Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Goiás (OAB GO) também integram a força-tarefa.

Diversas autoridades participaram das atividades. Entre elas, o secretário de Segurança Pública, Ricardo Balestreri; o diretor-geral de Administração Penitenciária, coronel Edson Costa; e o procurador-geral de Justiça, Benedito Torres.

Leia mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH