logomarcadiariodegoias2017

Por Domingos Ketelbey, Jornalista e editor do www.inspire.jor.br


Extra, extra: Relator da Lava-jato morre em acidente aéreo. Vamos nomear o juiz plagiador em seu lugar. Papelão na carne? A carne é fraca? "Tem que manter isso, viu?", disse o Drácula em formato de presidente a um dos donos de uma das maiores empresas frigoríficas do Brasil. "Todo o mês". 51 milhões em malas de dinheiro público na casa do ex-ministro. Cassetetes na testa de estudante em Goiás. SÃO BLACKBLOCS! ELES MERECEM!, vociferam algumas bocas. As redes sociais entram em colapso. "Não vou renunciar", "o país está entrando nos trilhos", "estamos recuperando a economia nacional". O chefe de estado brasileiro organiza jantar cadavérico para embaixadores. "A carne é boa". Vamos reformar o país.

"Quase 6 milhões de crianças vivem em situação de extrema pobreza no Brasil", estampa o Correio Braziliense, mas a comoção nacional é com arte em Museu. "Absurdo essa parada de nu artístico". "Tem que ser um que a gente mata ele antes de fazer a delação". Palmeiras não tem mundial! Pablo Vittar canta bem ou mal? Absurdo aquele drag ganhar um prêmio! Brotam críticos musicais. Irmã de senador é presa. A contratação mais cara da história do futebol é de um clube francês comprando um brasileiro: Neymar é vendido por módicos 222 milhões de euros (821 milhões de reais, na cotação da época).

Um menino no Acre desaparece. Em seu quarto, encontram várias coisas estranhas. "Stranger Things" bomba no Netflix. O menino do Acre deixa livros criptografados. Baleia Azul. Brincadeira perigosa ou mito? O papo agora é depressão. Os meses estão coloridos. Do amarelo ao azul, pintaram todos. O menino do Acre reaparece. Publica um livro. Estratégia de marketing das boas? Venda dos livros um fracasso. Tudo se resume em meme. "Que lacre", "Que pisão", "homão da porra". House of Cards cancelada. Última temporada em 2018. Que feio, Kevin Space!

Presidente denunciado por corrupção. Duas vezes. Não renuncia. Não aprovam os processos por crime na Câmara. "O Brasil está voltando aos trilhos", "estamos recuperando a economia nacional". Tudo certo, nada errado em terras canarinhas. O vampiro contaminou seus deputados e o Brasil é o paraíso do tratado das Testemunhas de Jeová. "O MDB me dá forças para continuar". PMBD não existe mais. PTdoB agora é Avante. PTN é PODEMOS. Podemos o que? Votar a favor de reformas que vão recolocar o Brasil nos trilhos.

Irmãos Batista são presos. Maluf também. O político do "rouba mais faz", comeu tutu e batata no Natal. Geddel na Papuda, teve arroz com uva passa. Eca! Político tem mal gosto até pra comida. O Rio está nas mãos da Universal. Crivella corta verba para o Carnaval. Jornalista é demitido por denunciar o caos na saúde do município. Botafogo não classifica pra Libertadores. O Palmeiras não tem mundial (já mencionei isso?).

O Natal e o Réveillon ficaram para trás e 2019 (sim, 2019), tá logo ali. Tanta coisa aconteceu em 2017 que a gente atordoado em meio a tanta informação. O que eu fiz? Acho que o que mais fiz esse ano foi escrever textões gigantes e que ninguém lerá. Mas no final tá tudo certo. Não fui preso, não perdi minha carteira de motorista em alguma blitz, nem fiz um filho. E você? O que você fez? Feliz ano novo!

Domingo Ketelbey, editor do www.inspire.jor.br
domingo ketelbey

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

Reportagem Especial

TVDG

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH