jhonny

O ex-vice presidente dos Estados Unidos Al Gore, é considerado como o primeiro apontar a necessidade de melhorar a administração pública. Em 1985, publicou um relatório intitulado "Criando uma Administração Pública que funciona melhor e custa menos".

A tese geral postula que a Administração Pública se encontra diante de uma sociedade com problemas políticos, econômicos e sociais, que mudam rápida e continuamente, e que os gestores atuais têm que dar respostas, mesmo com funções administrativas enraizadas na ineficácia por muitos anos.

Esta nova abordagem se propõe a atingir uma Administração Pública orientada ao cidadão, que seja receptiva, ágil, econômica, moderna e inovadora.

Penso que qualidade para a Administração Pública é a capacidade de uma entidade pública de fornecer serviços que atendam às necessidades e expectativas dos cidadãos ao menor custo possível.

Entendo que modernização para a Administração Pública é a capacidade de uma entidade pública usar as novas tecnologias de informação e comunicação, para tornar seus serviços mais acessíveis e rápidos para os cidadãos.

Portanto, a qualidade é uma linha de gerenciamento, e a modernização é uma linha instrumental, que serve de suporte à linha de gerenciamento.

Do Estado se requer mais agilidade, mais descentralização e maior compreensão dos usuários e de suas necessidades, com vista à adaptação das situações individuais, maior transparência, especialmente mediante a avaliação da gestão dos recursos humanos e uma responsabilização maior dos gestores. É necessário garantir a inovação institucional permanente, de modo a evitar um Estado rígido, burocrático e ineficiente. É preciso implantar um modelo desenho-gestão-avaliação para analisar o tema da gestão pública, de forma planejada e eficiente.

A missão, portanto, seria promover e direcionar a organização e racionalização da Administração do Estado através do gerenciamento do uso de seus recursos e da melhoria das técnicas de gestão pública, a fim de alcançar uma administração eficiente ao serviço da cidadania e ainda um programa de racionalização e simplificação de procedimentos e regulamentos administrativos para facilitar os esforços dos cidadãos na sua relação com a administração pública.

Para não ficar somente como observador, proponho a implantação nos currículos do ensino médio de conteúdos relacionados à administração pública. E você, o que propõe?

Johnny Jorge de Oliveira é professor FACE/UFG e membro da Academia Goiana de Ciências Contábeis

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA