darwin junior

O cenário brasileiro em muitas áreas nos lembra um caos: presídios lotados, que mais se assemelham a escolas do crime organizado, bandidos brindando cenas de horror, polícia em greve, pessoas supostamente de bem saqueando lojas, pacientes morrendo em portas de hospitais públicos, líderes políticos e empresários indo para a cadeia. Enquanto isso, Executivo, Legislativo e Judiciário não se entendem.

Nunca foi tão atual o trecho da música de Cazuza, escrita há 27 anos que diz: “Não me convidaram, pra essa festa pobre, que os homens armaram pra me convencer, a pagar sem ver, toda essa droga, que já vem malhada antes de eu nascer...”

Assistimos pela TV e internet de toda “essa festa pobre” e vivenciamos um cenário que enoja e ainda pagamos pesados impostos. Nesse contexto desafiador, lanço uma bandeira com o lema “A educação salva”. Talvez estivéssemos em uma “festa” diferente, se há 30 anos nossos líderes políticos tivessem feito a opção de investir na educação.

Em menos de 30 anos, a Coréia do Sul deixou o grupo dos países mais pobres do mundo para se tornar um dos mais avançados tecnologicamente. E qual foi o segredo do ''milagre'' sul-coreano? Priorizar a educação como política de Estado! Esse é apenas um dos muitos exemplos de que investir em professores, escolas e alunos pode salvar uma sociedade.

Educar tem que ser uma força tarefa, tem que fazer parte de nossa essência e ser prioridade em nossas vidas. Cultura do ódio não salva, guerra entre poderes não salva, ideologia, religião e nem credo salvam. Entretanto, investimentos reais e projetos sérios para a educação podem mudar em três décadas o tema da festa.

Todo poder emana do povo, esse é um principio básico da democracia, mas um povo sem educação não tem conhecimento e discernimento suficiente para escolher seus líderes, e o resultado sempre será uma “festa pobre”, em que todos, independente de suas ideologias políticas, pagarão na conta um preço é alto: nossa liberdade, nossa dignidade e nossa paz.

Talvez um dia a letra seja assim: me convidaram para uma festa próspera, pela qual tive o orgulho de pagar e viver em um estado justo e limpo, no qual quero ver nossos filhos nascerem e crescerem. A Educação liberta e o conhecimento salva.

Darwin Júnior é educador, fundador da Dalmass Serviços Educacionais.


BUSCA