Região da 44. (Foto: Divulgação/Associação Empresarial da Região da 44)
rua 44 foto divulgacao associacao empresarial da regiao da 44

Conforme a legislação, parte do 13º salário deveria ter sido pago até 20 de novembro aos trabalhadores. Com o início do mês de dezembro, a região de maior comércio de atacado e varejo do segmento de roupas em Goiânia viu seu movimento aumentar ainda mais.

Uma pesquisa encomendada pela Câmara de Diretores Lojistas de Goiânia apontou que 37,8% dos entrevistados pretendem presentar amigos e familiares neste Natal com roupas ou calçados. Para o presidente da Associação Empresarial da Região da 44, Jairo Gomes, o sentimento dos empresários é de expectativa.

“Esse fenômeno do atacarejo já é uma tradição nesta época do ano em nossa região. As pessoas recebem o 13º salário e vem aproveitar os preços do atacado. Muitas vezes famílias inteiras, vindas especialmente do interior, vem à região para comprar roupas para o ano todo e aproveitam nossos ótimos preços e qualidade”, afirmou o presidente.

A Associação estima que devem passar pela Região da 44 até o fim do ano cerca de 1,2 milhão de pessoas que buscam comprar tanto no atacado e no varejo. “Ainda estamos recebendo muitos comprados de atacado que vem de cidades em um raio de 200 ou até 300 quilômetros”, ressaltou Jairo Gomes.

Entre os destaques está a possibilidade de comprar um look inteiro para o Natal e o Reveillon por até R$ 100. Como dica, o presidente da Associação reforça aos compradores que vão de ônibus, táxi ou Uber devido ao grande fluxo de veículos na Região. No entanto, quem for de carro poderá estacionar nas galerias que oferecem espaço.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA