ctrl playPara desvendar os segredos da tecnologia não há mais limite de idade. Heitor Melo, de sete anos, já desenvolveu seu próprio jogo 2D, que pode ser acessado pelo celular com menos de um mês de aula de robótica. O ensino especializado em robótica e programação para crianças e adolescentes chegou à cidade em outubro, com metodologia elaborada pela Massachussets Institute of Technology (MIT), Microsoft e Google.

Segundo a diretora da escola, Vanessa Barbosa de Oliveira, os conhecimentos sobre produção de games, robótica, criação de aplicativos, desenvolvimento web, aplicações desktop são aplicados junto com noções de empreendedorismo e inglês. “Tudo é ensinado de modo interativo, com jogos, aplicativos e atividades também fora do computador”.

Nas aulas, Heitor diz que aprende também noções de matemática e ângulos. “Estou gostando muito e já sei que no futuro vou querer trabalhar com tecnologia. Tudo que produzo pode ser acessado pelo celular. É muito divertido”.

Em Goiânia, a escola Crtl+Play está instalada no Parque das Laranjeiras e atende crianças a partir de sete anos e adolescentes de até 16 anos. Os estudantes podem escolher as turmas de acordo com a faixa etária. A Code Kids é para alunos de sete a nove anos, com aulas de programação game design e lógica e robótica. O curso regular de programação e robótica tem oito módulos e é para alunos de 10 a 16 anos. Há ainda cursos rápidos, com 12 horas de duração, sobre os temas Minecraft, Meu Primeiro Game, Meu Primeiro App e Oficina de Introdução à Robótica para alunos de sete a 16 anos.

A diretoria da unidade de ensino diz que seu objetivo é formar crianças e adolescentes para empreender, usando a tecnologia de modo a transformar sua capacidade de aprendizado e também o meio em que vivem. Com pós-graduação em marketing e gestão, na Dinamarca, ela avalia que aprender tecnologia é fundamental para lidar com as novas ferramentas e também para se posicionar de forma diferenciada no mercado de trabalho. “Conhecer as lógicas de programação sempre irá ajudar na compreensão das inovações digitais, no estimulo ao forte raciocínio lógico, altamente indispensável em universidades e concursos quando adultos”.

Vanessa explica que não é necessário nenhum conhecimento prévio sobre linguagens de programação para o aluno se matricular em um dos cursos oferecidos pela Ctrl+Play. Os materiais didáticos, como computadores e apostilas, também são oferecidos pela unidade.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA