raquel magalhaes

Começa neste sábado, 21 de outubro, o primeiro ciclo de palestras direcionado a pais e familiares de crianças, jovens e adultos com autismo. O evento é promovido pelo Centro de Intervenções e Estudos Comportamentais (CIEC), instituição goiana especializada no tratamento de pessoas com autismo e na difusão de informações científicas sobre o transtorno, e a T.O. Kids, clínica especializada em terapia ocupacional para crianças. A entrada é gratuita, mas as vagas para as duas primeiras palestras deste ciclo – em função da divulgação nas redes sociais – já foram preenchidas. A fonoaudióloga Renata Mamede ministrará a palestra “O desenvolvimento da linguagem: desde o nascimento aos primeiros sinais” no auditório da Acieg, à Rua 14, nº 50, Setor Oeste.Os organizadores, de acordo com o propósito inicial do projeto, priorizaram pais e familiares de indivíduos com autismo. “O que queremos é contribuir para a melhoria da qualidade de vida e desenvolvimento das potencialidades e habilidades sociais, comunicativas, adaptativas, cognitivas e acadêmicas dos indivíduos para uma vida mais independente e autônoma”, enfatiza a neuropsicóloga Raquel Borges Magalhães, diretora do CIEC.

OUTROS PALESTRANTES
Ainda em outubro, no dia 28, a educadora física e psicopedagoga Letícia Borges e a advogada Tatiana Takeda batem um papo com os pais sobre inclusão escolar. Novembro é o mês da terapeuta ocupacional Luciane Morandini, da T.O. Kids, falar sobre “Experiências Motoras e Sensoriais no Desenvolvimento Infantil”, no dia 18. No dia 2 de dezembro, o neuropediatra e neurofisiologista Hélio van der Linden Júnior aborda o tema “O impacto do autismo na família: uma jornada de desafios e descobertas”.O 1º Ciclo de Palestras sobre Autismo para pais e familiares termina no dia 24 de fevereiro de 2018 com a neuropsicóloga e analista do comportamento Raquel Borges Magalhães e com a psicóloga Isabela Siqueira, discorrendo sobre “Manejo de Comportamento Problema no Transtorno do Espectro Autista”.Mais informações pelo site www.cieccomportamental.com.br e pelas redes sociais do CIEC Comportamental: @ciecgoiania (Facebook) e @cieccomportamental (Instagram). 

NÚMEROS 
A prevalência de casos de autismo tem aumentado de forma rápida nos últimos anos, o que acendeu o sinal de alerta da Organização Mundial de Saúde (OMS) e da Associação Americana de Psiquiatria. Pesquisas do CDC (Center of Diseases Control and Prevention) – órgão norte-americano próximo do que representa, no Brasil, o Ministério da Saúde – mostram que nos EUA há um autista para cada grupo de 68 pessoas. As estimativas já apontam para 70 milhões de pessoas com autismo no mundo; 2 milhões somente no Brasil.Popularmente conhecido como autismo, o Transtorno do Espectro Autista é uma condição do neurodesenvolvimento, caracterizada por déficits na comunicação e interação social e também por comportamentos repetitivos e estereotipados. Antes dos três anos de vida já podem ser observados alguns sinais, como alterações no sono, aversão ao contato físico, dificuldade de olhar nos olhos, não responder quando chamado pelo nome, não imitar gestos (como bater palmas, acenar ao se despedir), dificuldade de interação com crianças, entre outros. Se desconfiados, os pais devem relatar suas dúvidas ao pediatra.

SERVIÇO: 1º Ciclo de Palestras Gratuito sobre Autismo
Quando: a partir do dia 21 de outubro de 2017
Horário: 9 às 11 horas
Onde: A do dia 21 será no auditório da Acieg – Rua 14, nº 50, Setor Oeste, Goiânia-GO

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA