logomarcadiariodegoias2017

O PIB (Produto Interno Bruto) dos Estados Unidos fechou 2017 com alta de 2,3%, de acordo com a primeira leitura do Departamento de Comércio do país, revelado nesta sexta (26).

O resultado é melhor do que o obtido em 2016, quando os EUA cresceram 1,5%.

Os bon números se devem especialmente pelo aquecimento do mercado interno.

Um dos indicadores da demanda doméstica teve alta de 4,6%, maior ritmo desde o quarto trimestre de 2014.

Outro indicador interno, os gastos do consumidor, cresceu 13,9% no último trimestre de 2017, no melhor resultado em três anos.

Este incremento de gastos foi possível graças ao aumento das importações, que tiveram alta de 13,9% no quarto trimestre do ano passado, o ritmo mais forte desde 2010.

Economistas ouvidos pela agência de notícias Reuters projetam que o crescimento anual da economia dos EUA atingirá a meta de 3% em 2018. O dólar fraco, a alta dos preços do petróleo e o fortalecimento da economia seriam os principais motores do bom resultado para este ano. (Folhapress)

 

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

SEARCH