logomarcadiariodegoias2017

marconi perillo reuniao sefaz foto fernando leite 01O governador Marconi Perillo saudou o balanço atribuindo aos quadros da Sefaz a realização de um trabalho comprometido com a busca de resultados. “Ano após ano houve um acelerado comprometimento de servidores com o cumprimento de metas que são indispensáveis para o Estado cumprir com as suas obrigações”, declarou.

O relacionamento franco e de confiança estabelecido entre o governo e a Sefaz também mereceu menção do governador. “Valeu a pena ter acreditado no diálogo permanente que sempre tivemos com a Sefaz”. Marconi considerou que seu governo chega ao final de 2017 num cenário muito adverso do que os cenários de 2015-16 e muito menos adverso do que a realidade vivida pelo País de uma maneira geral. “Goiás talvez seja um dentre quatro Estados, no máximo, que tenha condições de fechar o ano como nós e com perspectivas melhores”, observou.

O sucesso da política econômica do governo não se deu por acaso, na avaliação do governador: “Fizemos os pacotes de austeridade, tomamos todas as medidas que, se de um lado nos desgastaram, por outro nos preveniram em relação à execução fiscal e financeira do exercício. Se não tivéssemos tomado as medidas que tomamos com certeza eu estaria terminando o ano bastante frustrado, de cabeça baixa”. 

O governador ponderou que, graças a solidez das contas públicas, as obras estão em andamento no Estado. “Goiás está se transformando em um Estado cada vez melhor na infraestrutura, no saneamento, na habitação, temos o Goiás na Frente e o Goiás Mais Competitivo e Inovador. As coisas estão andando e vão andar melhor no ano que vem”, sentenciou.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

BUSCA