O IPCA, a inflação oficial do país, subiu 0,16% em setembro, após alta de 0,19% no mês anterior, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta sexta-feira (6).

O índice acumula alta de 1,78% no ano -menor resultado registrado pelo IBGE desde 1998.

Analistas ouvidos pela Bloomberg esperavam uma alta de 0,09% em setembro e de 2,47% no acumulado em 12 meses.

A expectativa do mercado é que a inflação em 2017 fique abaixo do piso da meta. A projeção de economistas ouvidos pelo Banco Central é que o IPCA termine o ano em 2,95%.

Se isso ocorrer, será a primeira vez que o BC terá que justificar uma inflação abaixo da meta, atualmente fixada em 4,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual.

Os alimentos e bebidas registraram a quinta queda consecutiva na pesquisa (-0,41%). Outro grupo cujos preços caíram em setembro foi o de habitação (-0,12%), puxada principalmente pela redução das despesas com energia elétrica, com a entrada em vigor da bandeira amarela em 1º de setembro. (Folhapress)

Leia mais:

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA