Em um esforço para desbloquear investimentos e custeio de serviços sociais, o Ministério do Planejamento anunciou nesta sexta-feira (22) uma liberação de R$ 12,8 bilhões do Orçamento de 2017.

A decisão foi informada durante a revisão bimestral da programação orçamentária.

O desbloqueio foi possível, mesmo com uma redução de R$ 7,7 bilhões na receita em relação à última programação, pela revisão da meta fiscal para o ano, de R$ 139 bilhões para R$ 159 bilhões.

Estão na fila de prioridades dos recursos liberados as obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e os ministérios da Saúde, da Educação e do Desenvolvimento Social.

A previsão inicial da equipe econômica era de que seria possível descongelar R$ 10 bilhões, mas o governo conseguiu reverter entraves que criavam dúvidas sobre parte das receitas estimadas para este ano. (Folhapress)

Leia mais:

 

 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA