bndes

Os prefeitos estão preocupados com a eventual alta da taxa de juros do BNDES, caso seja aprovada no Senado a mudança na referência para os empréstimos do banco.

A Frente Nacional dos Prefeitos enviou uma nota ao presidente do Senado, Eunício Oliveira, pedindo que o tema não seja votado nesta terça-feira (5).

"A medida em análise, caso seja aprovada, surtirá efeitos negativos aos municípios brasileiros", diz a nota assinada pelo presidente da frente e prefeito de Campinas (SP), Jonas Donizette.

Reportagem publicada pela Folha de S.Paulo mostra que a dívida dos Estados e municípios teria sido maior se a TLP (Taxa de Longo Prazo) já estivesse em vigor.

Diferentemente de empresas, Estados e municípios têm uma oferta menor de empréstimos no mercado privado, segundo o economista José Roberto Afonso.

Durante o debate no Senado, o senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo na Casa, afirmou que "não há prejuízo calculado nem para Estados, nem para municípios".

"Todos os empréstimos que foram concedidos serão mantidos. Ninguém vai trocar indexador de empréstimo nenhum", disse Jucá. "Essa mudança valerá para os novos empréstimos". (Folhapress)

Leia mais:

 

 

 

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA