logomarcadiariodegoias2017

Um terremoto de magnitude 7,9 atingiu o Golfo do Alasca na madrugada desta terça-feira (23), levando as autoridades a emitirem um alerta de tsunami para a região e recomendando que os moradores fiquem longe da área litorânea.

O tremor ocorreu 256 quilômetros a sudeste de Chiniak, no Estado norte-americano do Alasca, a uma profundidade de 25 quilômetros, às 0h31 do horário local (7h31 de Brasília), de acordo com o Serviço Geológico dos EUA, que inicialmente informou que a magnitude do tremor era de 8,2, antes de rebaixá-la para 7,9.

"Se você está localizado nessa região costeira, mova-se em direção ao interior para lugares elevados. Alertas de tsunami significam que um tsunami com inundação significativa é possível ou já está ocorrendo", disseram autoridades em um alerta para o Alasca e para a Colúmbia Britânica (Canadá).

Além disso, toda a costa oeste dos Estados Unidos e o Havaí foram colocados em estado de observação para um tsunami.

"Com base em todos os dados disponíveis, um tsunami pode ter sido gerado por esse terremoto que pode ser destrutivo para áreas costeiras mesmo distantes do epicentro", disse o Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico.

Moradores do Alasca foram acordados no meio da noite pelas sirenes avisando sobre o possível tremor, de acordo com a imprensa local. Muitos fugiram de carro para as regiões mais altas do Estado.

Segundo testemunhas, o tremor durou cerca de 30 segundos. Autoridades locais disseram que ainda não receberam informações sobre feridos ou sobre construções atingidas.

A agência meteorológica do Japão informou que está monitorando a situação, mas não emitiu alerta de tsunami.

INDONÉSIA

Além do terremoto no Alasca, um segundo tremor, de magnitude 6,0, foi sentido em sentido na Indonésia, com prédios balançando na capital, Jacarta.

Pelo menos 130 construções foram afetadas no país e os moradores tiveram que deixar os prédios as pressas, mas não há alerta de tsunami.

Segundo o Serviço Geológico dos EUA, o epicentro do tremor aconteceu a 153 quilômetros a sudoeste de Jacarta, em uma profundidade de 44 quilômetros.

Pelo menos oito estudantes ficaram feridos, sendo seis com gravidade, quando o teto da escola onde estavam caiu na província de Java Ocidental, disse o governo.

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH