logomarcadiariodegoias2017

Moradores de Tel Aviv construíram uma torre de tijolos de plástico de 36 metros de altura com mais de 500 mil peças do jogo Lego, que foram armazenadas durante um ano na cidade. 

A torre foi construída em homenagem a Omer Sayag, um menino que morreu de câncer aos oito anos em 2014, e que construía torres de Lego quando estava doente. A Prefeitura de Tel Aviv espera entrar para "Guinness", livro de recordes. 

A campanha pela inscrição da torre no "Guinness" foi lançada há pouco mais de um ano pelos educadores de Sayag. O recorde precedente da torre de Lego mais alta, segundo o livro de recordes, data de 2015, quando a sucursal italiana da empresa Lego construiu uma de 35,05 metros de altura para a Exposição Universal de Milão.

A multicolorida 'Torre Omer', batizada com o nome de Sayag, foi finalizada nesta quarta-feira (27) na praça Rabin com a ajuda de gruas. Formada por mais de um milhão de peças, a torre será exibida durante quatro dias em frente ao imponente edifício da prefeitura da cidade.

"Foi uma ideia da ex-professora do jardim de infância dele (Sayag), e os blocos de brinquedo foram doados por moradores e empresas e alguns foram comprados com fundos do município", disse um porta-voz do gabinete do prefeito.

Nesta quarta, não havia nenhum fiscal do "Guinness" no local para medir a "Torre Omer", o que significa que Tel Aviv precisará esperar a aprovação da instituição para confirmar que bateu o recorde anterior.

 

 

 

 

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

BUSCA