Pelo menos 12 pessoas morreram e mais de uma dezena ficou ferida em incêndio que atingiu um hotel de luxo na noite desta sexta (24), na cidade de Batumi, na Geórgia.

Segundo a publicação britânica "The Guardian", o ministro da Saúde da região afirmou que as vítimas morreram devido a intoxicação do monóxido de carbono produzido pelas chamas.

O Hotel Leogrand seria sede do concurso Miss Geórgia 2017 neste domingo (26), mas nenhuma das vítimas participaria do concurso.

Relatos preliminares sugerem que o fogo teve origem no quarto andar do hotel, que tem 22 andares. De acordo com a agência de notícias EFE, os proprietários do hotel -construído há apenas dois anos- já haviam sido multados pelo município devido a falhas na segurança contra incêndios.

O primeiro-ministro da Geórgia, Giorgi Kvirikashvili, está em Batumi. "As pessoas responsáveis pela tragédia serão punidas com toda a dureza da lei", disse Kvirikashvili à EFE.

(FOLHA PRESS)

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA