natashahenstridge instagram

Depois de Harvey Weinstein ser acusado por diversas mulheres de assédio sexual e estupro, a atriz Natasha Henstridge publicou na sua conta pessoal do Twitter que o produtor não "é o único predador de Hollywood. Eu tenho certeza e sei disso em primeira mão".

Ela acusa o diretor Brett Ratner de assédio sexual, de acordo com reportagem do "The Los Angeles Times" publicada nesta quarta (1º).

Segundo a publicação, o episódio teria ocorrido há mais de 20 anos. Henstridge, na época, tinha 19 anos e o diretor 24.

Ela estaria no apartamento do diretor e produtor hollywoodiano com outros amigos e adormeceu no sofá.

Quando despertou, todos os seus amigos já tinham deixado o local. A atriz relata que tentou ir embora, mas foi impedida pelo diretor, que bloqueou sua passagem e a forçou a fazer sexo oral.

Além dela, outras atrizes e modelos também relatam episódios semelhantes, como Olivia Munn, Katharine Towne, Jaime Ray Newman e Eri Sasaki.

Ratner é conhecido por produzir filmes como "O Dragão Vermelho" (2002), "A Hora do Rush" (1998), e "X-Men: O Confronto Final" (2006).

Em defesa do diretor, o advogado Martin Singer afirmou à publicação que representa Ratner há 20 anos e "nunca, nenhuma mulher o acusou de assédio sexual." (Folhapress)

Leia mais:

 

 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA