Mais de 6 milhões de pessoas estão habilitadas para votar nas eleições parlamentares deste domingo (15) na Áustria. Os últimos prognósticos indicam a possibilidade de ingresso da extrema direita no governo austríaco, hoje comandado pelo social-democrata Christian Kern.

Após votar, Kern mostrou-se confiante em sua reeleição à frente do Executivo. Ele disse que sua campanha recobrou força nos últimos dias e que não se deve descartar “uma surpresa” no resultado do pleito, no qual serão eleitos 183 deputados.
As eleições foram antecipadas após a ruptura da coalizão entre os social-democratas e os  democrata-cristãos.

De acordo com as últimas pesquisas, o Partido Popular, de centro-direita, é o favorito, com estimativa de votos em torno de 33%. Seu líder é o atual ministro das Relações Exteriores, Sebastian Kurz. Os prognósticos dão aos social-democratas e aos democrata-cristãos o mesmo percentual: 25%.

Com informações da Agência Brasil

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA