A polícia finlandesa requisitou a prisão preventiva de cinco suspeitos marroquinos por "participação nos assassinatos e tentativas de assassinatos com intenção terrorista" à corte local de Turku, local do ataque da última sexta-feira (18).

Policiais informaram que investigam possíveis ligações com o atentado terrorista de Barcelona ocorrido na quinta-feira (17), menos de 24 horas antes do ataque em Turku, cujos principais suspeitos também eram marroquinos.

Duas pessoas morreram e cinco ficaram feridas; entre elas, uma italiana casada com um brasileiro e mãe de uma criança de nove meses.

O principal suspeito, Abderrahman Mechkah, 18, é solicitante de asilo e está sendo tratado em um hospital após após a polícia ter atirado em sua perna no momento de sua detenção.

As autoridades não divulgaram os nomes dos outros quatro suspeitos, que negam envolvimento no episódio. (Folhapress)

Leia mais:

 

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA