Ao menos 14 pessoas morreram e mais de cem ficaram feridas nos atentados ocorridos na Catalunha. Em Barcelona, houve 13 mortos, e o ataque em Cambrils deixou uma vítima.

Entre mortos e feridos nos atentados há pessoas de 35 nacionalidades.

A primeira vítima identificada foi o italiano Bruno Gulotta, que tinha 35 anos, pai de dois filhos -um dos quais levava pela mão no momento da ação, segundo o jornal britânico "Telegraph". Resgatada pela mulher de Gulotta, Martina, a criança sobreviveu.

A outra vítima italiana é Luca Russo, que estava com 25 anos e passava férias com sua namorada em Barcelona.

O primeiro ministro de Portugal, Antonio Costa, afirmou que uma mulher portuguesa de 74 anos está entre as vítimas do ataque em Barcelona. Ela passeava com sua neta.

Segundo a agência de notícias Associated Press, também morreu nas Ramblas a belga Elke Vanbockrijck. Ela estava de férias em Barcelona com o marido e os filhos.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, disse que um cidadão norte-americano está entre os mortos nos atentados. (Folhapress)

Leia mais:

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA